Portugal
Alverca. Do céu ao inferno no clube que 'uniu' Vieira e Pinto da Costa
2019-10-17 16:00:00
Clube do Ribatejo caiu nas divisões inferiores e tenta agora reerguer-se

A história que em seguida se conta diz respeito ao Alverca, clube do Ribatejo, que ganhou fama no final dos anos 90 e início do novo século graças a uma projeção que Luís Filipe Vieira lhe deu com o contributo de vários jogadores, entre os quais Deco, Ricardo Carvalho e Maniche, sem esquecer Pedro Mantorras.

Quando se estreou no principal campeonato português, na temporada de 1998/1999, o Alverca apresentava-se como um projeto sólido, de tal modo que ficou entre os 'grandes' durante três épocas consecutivas.

Vivia-se o tempo em que Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira - à altura sócio do FC Porto por influência do amigo José Carvalho - partilhavam uma amizade e, segundo alguma imprensa à época, eram presença em casa um do outro.

Profissionalmente, é inegável que Alverca e FC Porto realizavam vários negócios de vários jogadores que faziam o trajeto entre a Invicta e o Ribatejo. Alguns dos campeões europeus portistas chegaram a projetar-se no clube à época liderado por Vieira. 

Era o tempo em que o Alverca realizava épocas tranquilas e até batia o pé aos grandes. Era o tempo em que tudo parecia colorido até que acabaria por chegar o cinzento no céu.

O emblema acabaria por descer de divisão na temporada de 2002/2003. Voltaria no ano seguinte, antes de nova despromoção e a queda para as profundezas.

Aí, já com a SAD constituída, o Alverca enfrentaria problemas financeiros que, aos poucos, vai tentando ultrapassar e procura agora o regresso aos patamares da fama do futebol português.

O clube renasce das cinzas alicerçado no seu Centro de Formação, como o Bancada teve oportunidade de perceber há cerca de um ano quando visitou o emblema ribatejano. No dia em que se despediu do Alverca, Luís Filipe Vieira deixava claro que esse era um projeto "importante" para o emblema ribatejano.

Entre avanços e recuos, a história do Alverca tem sido repleta de esforço de muita gente. Mas ninguém esquece o nome de Luís Filipe Vieira, ele que estará para sempre ligado ao clube. Foi pela sua mão que chegaram à Liga principal. Foi também com Vieira que, na época 1999/00, sob o comando técnico de José Romão, o Alverca conseguiria a melhor classificação de sempre do clube, um 11.º lugar.

Agora os tempos são outros mas a formação que equipa 'à Barça' terá, nesta quinta-feira, mais um novo foco de luz para a fama. Como teve antes. São coisas da Taça de Portugal.