Rumores
Ángel Villar, líder da Federação espanhola e “vice” da FIFA detido por corrupção
Mauro
2017-07-18 10:55:00
Está sob suspeita de administração desleal, corrupção entre particulares, falsificação de documentos e desvio de fundos

Ángel Maria Villar terá sido detido na manhã desta terça-feira pela justiça espanhola, na sequência de uma investigação anticorrupção levada a cabo por uma unidade da Guardia Civil sob a supervisão de um juiz da Audiência Nacional, Santiago Pedraz, segundo noticiou hoje o jornal espanhol “El País”. Também a sede da Federação espanhola terá sido alvo de buscas por parte das autoridades.

Há 29 anos na presidência da RFEF, Villar é também vice-presidente da FIFA. A operação levou à prisão preventiva de dezenas de pessoas, entre as quais ainda o filho de Villar, Gorka Villar, assim como assim como o vice-presidente da federação espanhola com o pelouro dos assuntos económicos, Juan Padrón.

Os dirigentes espanhóis são suspeitos de vários crimes, entre administração desleal, corrupção entre particulares, falsificação de documentos e desvio de fundos. Desde 2009 que Ángel Villar tem sido investigado pela justiça espanhola. Uma das suspeitas poderá recair sobre alegadas comissões ilegais durante a candidatura conjunta de Portugal e Espanha ao Mundial de 2018, segundo escreve o diário do país vizinho.