Revista de Imprensa
Caros FC Porto e Rui Vitória, acham que isso faz sentido?
Mauro
2018-08-29 09:30:00
Renato Sanches e Hélder Costa também em destaque.

O "Record" destaca a presença de Salvio nos convocados do Benfica, nós destacamos a ausência de Luisão. Não, o jogador não está lesionado, dado que não entra no boletim clínico divulgado pelo clube. Rui Vitória deixou de fora, por opção, apenas dois jogadores: Bruno Varela, que está prestes a ser vendido, e o capitão. Bruno Varela e o jogador com mais jogos pelo Benfica. Bruno Varela e o jogador mais experiente. Bruno Varela e aquele que é, há muitos anos, o líder do balneário. Bruno Varela e aquele que é, provavelmente, o jogador com maior noção de benfiquismo. Bruno Varela e um homem mais do que habituado a estes jogos a doer, nos quais é preciso ter no sítio aquela coisa que nós sabemos. Faz sentido, Rui Vitória? Faz sentido abdicar da importância de Luisão no acalmar, motivar e guiar de muitos jovens imberbes que jogarão, hoje, no intimidante Estádio Toumba? Mais: faz sentido deixar Luisão em Lisboa, para levar alguém como... Lema? Faz sentido? Quem pareceu surpreendido foi o próprio Luisão, com uma mensagem nas redes sociais que, no mínimo, sugere desconforto.

O Benfica está a poucas horas de uma tábua de salvação ou a poucas horas de um desastre que pode ter consequências graves no futuro próximo do clube. Entre o azar, a incompetência dos jogadores e opções discutíveis do treinador, tudo confluiu num resultado "tricky" na Luz e a necessidade de marcar, nesta noite, na Grécia. É este, claro, o prato forte das manchetes desta manhã. "A Bola" titula "destino nas mãos" - lembrando a diferença entre os milhões da Champions e os "milhõezinhos" da Liga Europa -, enquanto "Record" destaca, como já dissemos, a presença de Salvio.

Pausa para futebol gourmet. Na Opinião Bancada, o António Tadeia escreveu uma análise transversal ao dérbi do último fim-de-semana e à condição de arguido, do Benfica, no caso e-toupeira. Já o Sérgio Cavaleiro, para além da história das batatas fritas, ocupou-se a encontrar historinhas sobre Salin, herói do Sporting na Luz, e a elaborar uma lista de onze jogadores livres, agora que faltam poucas horas para o fecho do mercado. Já o Luis Santos Castelo olhou lá para fora: viu que, em França e Inglaterra, há Feirenses, e contou uma história do aprendiz a superar o mestre.

Voltamos à Champions e, sobre este jogo, temos umas coisinhas. Primeiro, dê um olhinho nas habituais onze pistas para o PAOK-Benfica. Já está? Agora, fique a conhecer o treinador do PAOK, filho de uma lenda do futebol europeu.  Também já está? Então saiba o que disseram Rui Vitória e Rúben Dias, antes da partida. Ainda em matéria de Champions, fique a saber que AEK, Ajax e Young Boys já lá estão.

Faz sentido, FC Porto?

O outro grande destaque das manchetes é o falhanço do FC Porto na contratação de Zakarya, lateral do Belenenses que falhou nos testes médicos, horas depois de ter saído lesionado no último jogo do Belenenses. Caso estas notícias se confirmem, o caso é mais complexo, mas igualmente bizarro. Então, caro FC Porto, não consegues chegar a um acordo que impeça que o Belenenses coloque em campo um jogador cuja contratação vocês já combinaram e quando faltam poucas horas para o fecho do mercado? Então, caro Belenenses, colocas a jogar um jogador que, dentro de poucas horas, poderá render um encaixe financeiro muito interessante? Caso a lesão tenha sido apenas no jogo frente ao Moreirense, é amadorismo dos dois clubes. Caso a lesão já fosse anterior a isso, então o FC Porto tem um bocadinho menos de culpa - mas não fica isento -, enquanto o Belenenses e o próprio jogador foram, no mínimo, imprudentes. Bom, quer vá ver, ou não, Zakaria no Dragão, fique a conhecê-lo um pouco melhor.

Por cá, continua a falar-se, claro, das eleições do Sporting. Ricciardi diz que não quer perpetuar-se no clube, Varandas acredita na inteligência dos sportunguistas e Rego virou-se para os núcleos.

Ainda em território nacional, nota para Doumbia, que já não é jogador do Sporting (são libertados seis milhões em salários, escreve o "Record", nesta manhã), para Viviano, que vai continuar em Alvalade, e para o dérbi entre Sporting e Benfica na Liga Revelação sub-23.

Lá fora, coisas giras

Ronaldo, Ronaldo e mais Ronaldo. O português é o autor do melhor golo da temporada, segundo uma votação lançada pela UEFA. Renato Sanches fez uma perninha no jogo de homenagem a Bastian Schweinsteiger, enquanto Leonardo Jardim recebeu, no Mónaco, um belo reforço: Benjamin Henrichs. Bom lateral. 

Destaque ainda para o golo de Hélder Costa na vitória do Wolves, para a Taça, num jogo no qual Rui Patrício, João Moutinho e Diogo Jota foram poupados, e para a loucura na chegada de Gonçalo Guedes a Valência. Recorde-se que o internacional português assinou contrato com o clube espanhol que, segundo a imprensa, pagou cerca de 40 milhões de euros pela transferência do ex-PSG. 

A terminar, há Lindelof na berlinda. O ex-Benfica foi criticado por Jamie Carragher. Criticado com... compaixão.