Prolongamento
"Sporting pensa que ganha na secretária o que não ganha no campo"
2022-08-25 10:50:00
" Sporting já fez uma participação, mas não vai ganhar mais pontos por causa dessa situação", diz ex-vice portista

Antigo responsável pela Liga e ex-vice-presidente do FC Porto, José Guilherme Aguiar diz que não compreende a necessidade que os clubes têm de apresentar participações uns contra os outros relativamente a situações ocorridas em partidas do principal campeonato nacional português, como o caso da troca de queixas entre Alvalade e o Dragão na sequência do recente clássico, que os portistas venceram por 3-0.

"O Sporting já fez uma participação, mas não vai ganhar mais pontos por causa dessa situação e agora o FC Porto respondeu-lhe", refere o antigo dirigente dos portistas, não concordando com este tipo de modo de atuar. "Não partilho dessa posição, sinceramente penso que durante o jogo há reações emocionais difíceis de controlar", admitiu José Guilherme Aguiar.

Por conseguinte, o antigo vice-presidente dos azuis e brancos admite que até percebeu a reação, por exemplo, de Matheus Reis com um apanha-bolas do Estádio do Dragão no último clássico, quando o brasileiro deu com a cabeça no corpo do jovem apanha-bolas durante uma reposição na linha lateral.

"Às vezes acontecem algumas coisas. Percebi a história do Matheus Reis, que não tinha nada de fazer aquilo junto do apanha-bolas", salientou José Guilherme Aguiar, realçando que as participações de uns clubes contra os outros fazem parte do "folclore destas competições, é o que está".

Em tom irónico, José Guilherme Aguiar faz notar que este tipo de participações de FC Porto contra Sporting e dos leões contra os dragões resulta "da ‘excelente’ relação que existe entre as duas" sociedades que gerem o futebol portista e sportinguista.

Em todo o caso, o antigo vice-presidente dos portistas, em declarações na Renascença, não deixa de enviar um recado para Alvalade. "Penso que até mais que o FC Porto, o Sporting tem tido um instinto mais persecutório."

No dizer de José Guilherme Aguiar, o Sporting "pensa que ganha na secretária o que não ganha no campo". "Depois o FC Porto quer responder na mesma moeda", comentou o antigo dirigente.

O emblema portista segue na frente do campeonato, somando por vitórias todos os encontros já realizados nesta época ao qual somam também o triunfo na final da Supertaça Cândido de Oliveira diante do Tondela.

O FC Porto é o atual campeão nacional em título e avança para a época 2022/23 com o objetivo de conquistar o bicampeonato, procurando também realizar uma campanha de destaque na Liga dos Campeões, onde representa a bandeira portuguesa juntamente com Sporting e Benfica.