Prolongamento
"Sporting mesmo que perca não muda o foco. Por isso João Mário não ficou"
2021-10-13 16:30:00
Tiago Fernandes explica que apostas em Matheus Nunes e Bragança poderiam não ocorrer com João Mário no plantel

O Sporting de Rúben Amorim tem vindo a apostar cada vez jovens da formação na equipa principal, situção que é estimada em Alvalade, não fosse o emblema verde e braço berço de alguns talentos do futebol mundial, com Cristiano Ronaldo 'à cabeça' de um emblema que já deu Paulo Futre e Luís Figo, entre outros. Tiago Fernandes, antigo treinador do Sporting, entende que o caminho traçado pela direção de Frederico Varandas está correto e valoriza o crescimento que atletas como Matheus Nunes e Daniel Bragança têm tido, após a saída de João Mário.

"O Sporting pode não ganhar o campeonato este ano mas vai apostar no Gonçalo Inácio, no Gonçalo Esteves, no Daniel Bragança, Matheus Nunes e foi por isso que o João Mário não ficou no Sporting. Se calhar o Matheus e o Bragança não iam ter tantos minutos e não iam ser chamados às seleções e não iam no final da época estar tão valorizados como estão", observou Tiago Fernandes, aconselhando outros clubes a usarem o leão como exemplo.

"Vários clubes deviam seguir o modelo de gestão do Sporting. Não está influenciado só pelos resultados. O Sporting mesmo que perca na Liga dos Campeões ou no campeonato não muda o foco de apostar na formação."

Em declarações na Antena 1, o ex-técnico do Sporting diz ainda que "Rúben Amorim sabe que a aposta da direção é esta" e realça que, quando assiste a jogos da Seleção Nacional, fica satisfeito por ver a origem de muitos dos atletas colocados por Fernando Santos na turma das quinas.

"Oitenta por cento da Seleção que defrontou o Luxemburgo é formada no Sporting e isto diz tudo. Isto diz tudo. Da baliza à frente todos os jogadores praticamente são formados na academia do Sporting. Até o maior", disse, em alusão a Cristiano Ronaldo.

"Isto é sinónimo de que as equipas, se querem que o futuro seja risonho, não têm preocupação imediata nos resultados e têm um pouco mais de paciência", acrescentou ainda Tiago Fernandes. 

Desde que Rúben Amorim assumiu o comando técnico do Sporting que vários jovens provenientes da formação têm vindo a conquistar o seu espaço no onze.

Alguns deles acabaram mesmo por deixar Alvalade, como é o caso de Nuno Mendes, jovem esquerdino que o técnico projetou na ala esquerda e que no último mercado de transferências rumou ao Paris Saint-Germain. 

Porém, muitos outros atletas têm conquistado espaço e a direção mostra confiar no futuro dos atletas, renovando-lhes o vínculo como foi o caso recente de Daniel Bragança.