Prolongamento
"Quem no Benfica veio dar a cara em defesa do Jesus? Bolinha"
2022-05-09 11:55:00
"Do Benfica há muito para falar", avisa Octávio Machado

Jorge Jesus esteve recentemente no Brasil e, entre outras coisas, abordou temas relacionados com a sua passagem pelo Benfica, chegando mesmo a fazer reparos a Rui Costa, realçando que quando este assumiu os destinos do Benfica após a detenção de Luís Filipe Vieira no âmbito do processo Cartão Vermelho, percebeu que iria durar pouco no cargo de treinador das águias.

"Houve muita pressão política no clube", referiu Jorge Jesus, salientando que ao longo da época percebeu que "já não havia mais ambiente" e depois ainda ocorreu o episódio com Pizzi que, segundo o treinador, disse "um monte de disparates e aí tudo desabou" na ligação entre Jorge Jesus e o clube encarnado,.

Octávio Machado, antigo dirigente do Sporting e ex-treinador de FC Porto e leões, amigo de Jorge Jesus, sai em defesa do técnico que tem sido muito criticado pelas declarações proferidas no Brasil.

"Do Benfica há muito para falar. Quantos treinadores foram apontados ao Benfica com o Jorge Jesus como treinador? Alguma vez alguém do Benfica desmentiu? Nunca. Foram muitos. O Pepa, o Marco Silva, dos italianos foram uns três ou quatro. Ninguém desmentiu", afirmou Octávio Machado.

Por outro lado, Octávio Machado defede Jorge Jesus, ainda sob contrato com o Benfica, destacando que o treinador teve de lidar com certas situações.

"É admissível que um jogador, que sabe que o treinador principal não está lá [no balneário], e vai fazer críticas sobre a estratégia que aconteceu? E mais tarde quando há uma conversa sobre isto no balneário há um jogador que diz não vamos treinar? É uma falta de respeito", disse Octávio Machado, dizendo que o treinador tem algumas coisas que pode apontar ao Benfica.

"Quem foi que veio dar a cara em defesa do treinador? Zero. Bola. Bola. Foi bola, bola, bolinha", referiu Octávio Machado, salietando ainda que, em relação às declarações de Jorge Jesus, não se pode fazer uma interpretação de ser ou não justo com Rui Costa.

"Aqui não há justiças ou injustiças. Houve um comunicado. O comunicado está aí. Vamos deixar avançar, deixar andar", indicou Octávio Machado, em declarações no canal de televisão CMTV.

Ainda a respeito do contrato de Jorge Jesus, Octávio Machado lembra que se fosse dinheiro a mover o treinador, este ainda poderia estar mais anos a receber do clube da Luz.

"Se o Jesus quisesse olhar para o 'plim plim' tinha assinado por quatro anos", destacou Octávio Machado, criticando ainda os dirigentes do Flamengo pela viagem feita a Portugal em dezembro de 2021 quando numa série de entrevistas falaram do treinador. "Os dirigentes do Flamengo, na minha ótica, vieram infernizar a vida do Jorge Jesus aqui", concluiu Octávio Machado.