Prolongamento
"Propaganda ao benfiquistão" no Estudo em Casa da RTP, diz Francisco J. Marques
Redação
2021-04-30 16:10:00
Aula com guarda-redes do Benfica revolta portistas

As aulas do Estudo em Casa que têm passado na RTP Memória, no contexto pandémico, voltam a dar que falar, com o porta-voz do FC Porto a tecer críticas à estação pública de televisão por ter passado imagens de uma jogadora do Benfica equipada... à Benfica, durante uma das aulas. Tal situação não passou despercebida ao FC Porto, que rapidamente denunciou a situação, mostrando a sua indignação com o sucedido que não é mais do que uma "propaganda ao benfiquistão", nas palavras de Francisco J. Marques.

"É uma pena Portugal não ser um estado laico e continuar a fazer intoxicação através do Estudo em Casa, da RTP Memória", lamentou Francisco J. Marques, com muita ironia à mistura, velando críticas à estação pública por emitir este tipo de conteúdo para os mais jovens. "A madrassa da RTP não para e uma simples aula de Educação Física serve para fazer propaganda ao benfiquistão", assinalou o diretor de Comunicação e Informação dos azuis e brancos, nesta sexta-feira, nas redes sociais.

Na tarde desta sexta-feira, o professor Filipe Ramos, que leciona para o 3.º ciclo, recebeu Ana Catarina, internacional portuguesa que defende as cores nacionais mas também do Benfica, que aceitou participar na inciativa.

Natural de Vila Franca de Xira, a jogadora benfiquista é considerada atualmente a melhor guarda-redes de futsal do mundo e apresentou-se nas aulas para ajudar a compreender melhor a modalidade de futsal.

Ao longo dos minutos que esteve presente na aula, Ana Catarina fez um aquecimento e explicou depois alguns processos e técnicas que são utilizadas por quem está entre os postes das balizas de futsal.

Sempre acompanhada de perto pelo professor Filipe Ramos, a guarda-redes internacional portuguesa deixou também conselhos e dicas aos mais novos, até porque é uma das jogadoras mais estreladas do panorama internacional.