Prolongamento
"Podem enviar a tropa de choque. Nós não temos medo"
2022-06-01 09:45:00
"Sporting é alvo preferencial do vasto arsenal que os quarenta anos disto aperfeiçoaram", diz ex-dirigente leonino

O Sporting não pode deixar de enfrentar esta "batalha" contra o FC Porto, segundo revela o antigo dirigente leonino Carlos Barbosa da Cruz, que admite que o tom das críticas pode aumentar mas realça a importância de o Sporting assumir esta luta contra aquilo que chama de "afloramento da cultura de que vale tudo para vencer".

E pelo facto de o Sporting enfrentar o clube nortenho, Carlos Barbosa da Cruz acredita que o emblema de Alvalade é, nos dias de hoje, o "maior inimigo desportivo e institucional do FC Porto". "Daí ser o alvo preferencial de todo o vasto arsenal de provocações e constrangimentos que os quarenta anos disto aperfeiçoaram à exaustão".

Do ponto de vista de posicional, Carlos Barbosa da Cruz entende que Sporting e FC Porto estão em lados distintos na forma como olham para o desporto. E, por isso, o antigo dirigente verde e branco acredita que os ataques vão aumentar desde o Norte em direção ao Sul.

"Para o FC Porto é uma questão de sobrevivência dos negócios de muita gente", atirou o antigo dirigente do Sporting, em declarações no jornal Record.

Carlos Barbosa da Cruz apelou ainda aos leões para que respondam ao FC Porto com "a firmeza dos valores e a consciência tranquila", até porque, realça o ex-dirigente verde e branco, quem comanda os destinos do leão, atualmente, não tem lixo acumulado debaixo de tapete".

Por conseguinte, Carlos Barbosa da Cruz desafia o Sporting a manter uma postura de divulgação daquilo que considerem os leões que estará mal.

E se assim for, o antigo dirigente do Sporting acredita que o leão poderá levar a melhor nesta batalha, deixando ainda um recado em direção ao Estádio do Dragão.

"Podem falar alto, esticar o dedo, ameaçar e até enviar a tropa de choque. Nós não temos medo", assegurou Carlos Barbosa da Cruz, colocando-se ao lado dos dirigentes do Sporting nesta questão contra o FC Porto.

Frederico Varandas, presidente do Sporting, e Pinto da Costa, líder dos azuis e brancos, têm trocado picardias através de declarações feitas publicamente nos últimos tempos.

Nas declarações mais recentes neste jogo de parada e resposta, o presidente leonino acusou Pinto da Costa de ser um "corruptor ativo" e lamentou que o presidente portista não tenha sido ainda afastado do dirigismo, apontando para as escutas que foram partilhadas no Youtube a respeito do caso Apito Dourado, processo no qual o líder dos azuis e brancos foi julgado.