Prolongamento
"Pedro Gonçalves no Benfica valia 200 milhões. No Sporting, é difícil darem 35"
2021-08-16 20:50:00
"É o momento do mercado? O Brighton lá de Inglaterra dava 40 milhões pelo Darwin Núñez", ironiza Fernando Mendes

O mercado de transferências continua aberto mas, até ao momento, na janela nacional, salvo a aquisição de João Mário, que chegou à Luz na condição de jogador livre depois de rescindir contrato com o Inter de Milão, os negócios não têm sido tão mediáticos como em outros períodos de transferências, pelo menos até agora. Pedro Gonçalves, melhor marcador do último campeonato nacional, volta a mostrar créditos de goleador no arranque de temporada e, em Alvalade, há quem lamente que a crítica não dê destaque ao transmontano como dizem notar que é dado aos jogadores do rival Benfica.

"Pedro Gonçalves com a camisola do Benfica valia 200 milhões. Neste momento, o Sporting está com dificuldades para o vender por 40 milhões, que é muito dinheiro", referiu Fernando Mendes, em tom sarcástico, salientando que se Pedro Gonçalves fosse jogador do Benfica "eram 200 milhões e tinha 40 páginas nos jornais".

A este respeito, o antigo futebolista dos leões, que também representou Benfica e FC Porto, entre outros clubes, nota que a imprensa não tem dado o destaque que acredita que era merecedor à equipa verde e branca, alinhando por uma ideia que havia já sido levantada na Sporting TV por Manuel Fernandes. "Temos que estar atentos à comunicação social. Nunca realçam tanto as vitórias do Sporting como realçam as dos outros candidatos ao título. É uma diferença abismal, incrível", disse Fernandes.

E Fernando Mendes observa que o impacto verde e branco na imprensa deveria ser outro face ao que a equipa de Rúben Amorim tem vindo a alcançar. "Já repararam que o Sporting foi campeão nacional, tem miúdos a jogar lá, tem um dos melhores laterais a jogar [Nuno Mendes], um miúdo que jogava em Famalicão e fez vinte e tal golos?"

"Vejam a dificuldade que é algum clube dar 30 ou 35 milhões de euros pelo Pedro Gonçalves. Ninguém chega lá. É o momento do mercado? O Brighton lá de Inglaterra dava 40 milhões pelo Darwin Núñez, que fez três golos [fez 14 na época de estreia pelo Benfica]. É a diferença mas eu entendo. Mas não nos podemos baixar perante estas situações", criticou Fernando Mendes, em declarações no programa Mercado da CMTV.

O ex-futebolista referiu ainda que "Pedro Gonçalves continua a mostrar" mas a imprensa continua a dar destaque a outro atleta. "João Mário, João Mário, João Mário. É João Mário o dia inteiro e isso acaba por influenciar".

Prosseguindo na linha de pensamento a este respeito, Fernando Mendes lembra aquilo que viu quando Darwin foi oficializado como reforço do Benfica. "Vocês recordam-se das primeiras páginas quando o Darwin Núñez chegou? O Barcelona dava 120 milhões e ainda nem tinha jogado".

Mas também o rival nortenho do Sporting, o FC Porto, mereceu um olhar de Mendes no que toca ao mercado de transferências, que assinalou a dificuldade que os dragões sentem nas laterais. "Cheguei a ouvir que o Manafá tinha de ir à Seleção. Mas está tudo doido?".

O antigo jogador lembrou que "o dinheiro está caro" para contratações mas, realçou, "o FC Porto não tem dinheiro para contratar jogadores mas contratou o Pepê por 15 milhões de euros". "Com esse dinheiro, se calhar, contratava dois laterais, se calhar", insistiu.