Prolongamento
"O Varandas não tem andado com o Vieira e o Pinto da Costa ao colo"
2022-01-11 14:35:00
"Tomou uma posição. Tem sido fiel", defende o antigo futebolista Fernando Mendes

Frederico Varandas está quase a completar o mandato à frente dos destinos do Sporting e a sua presidência tem sido marcada, entre outras coisas, por vitórias, derrotas, momentos de euforia, outros de desagrado e alguns episódios mais tensos com os homólogos de Benfica e FC Porto. A dado momento, o presidente leonino não teve problemas em criticar, de forma dura mesmo, quer Pinto da Costa, quer Luís Filipe Vieira.

Se no Dragão a presidência ainda está na posse de Pinto da Costa, na Luz é Rui Costa quem comanda os destinos do emblema encarnado, sendo que, recentemente, Frederico Varandas se sentou na tribuna da Luz ao lado do 'Maestro', acompanhando o clássico que foi vencido pelos campeões nacionais.

A propósito das escutas feitas a Luís Filipe Vieira relativamente a negócios que este poderá ter realizado enquanto estava no topo da cúpula administrativa do Benfica, que estão na mira da Justiça, foi divulgado um excerto na revista Sábado que dá conta do desejo que Vieira tinha em estabelecer um pacto com Frederico Varandas por causa dos gastos nas chamadas modalidades amadoras.

Por outro lado, nos últimos tempos, também há quem note que Luís Filipe Vieira passou a ter "apoio inesperado" por parte de figuras ligadas ao FC Porto e há ainda quem note uma certa proximidade com Pinto da Costa, até levando em conta notícias que têm saído.

No que toca ao presidente do Sporting na convivência com o presidente portista e com o antigo líder encarnado, Fernando Mendes destaca a coerência de Frederico Varandas durante todo o tempo.

"O Varandas disse o que tinha a dizer e acabou", afirmou o antigo futebolista de clubes como Sporting, FC Porto e Benfica, entre outros, prosseguindo no tom de elogio ao comportamento de coerência usado pelo líder leonino, segundo identifica.

"O Varandas não tem andado com o Luís Filipe Vieira e o Pinto da Costa ao colo. Chamou o que tinha de chamar a um e a outro e manteve-se", apontou Fernando Mendes.

A este respeito, em declarações na CMTV, o ex-futebolista Fernando Mendes disse ainda que o presidente do Sporting "tomou uma posição" e "tem sido fiel".

Frederico Varandas tomou posse como presidente do Sporting em setembro de 2018, rendendo Bruno de Carvalho no cargo, após a expulsão do então já ex-presidente da condição de associado, meses depois do ataque à academia de Alcochete, no qual Bruno de Carvalho era o principal arguido mas acabou por ser ilibado e inocentado pela Justiça portuguesa.