Prolongamento
"Não há ninguém em Portugal que não diga que o Jesus tem um currículo invejável"
2022-04-14 11:55:00
"Temos que ver o trabalho de Veríssimo na sua globalidade e sobretudo do ponto de partida", diz Telmo Correia

Benfica, Nélson Veríssimo e Roger Schmidt recusam falar do futuro, nesta altura, mas alguma imprensa dá como certa a contratação do técnico germânico para o clube da Luz após o final desta temporada. Num olhar ao que tem sido o trabalho de Nélson Veríssimo, que assumiu os destinos da equipa principal após a saída de Jorge Jesus, Telmo Correia, antigo deputado e conhecido adepto encarnado, diz que é preciso perceber e recordar o contexto em que Nélson Veríssimo 'pegou' na formação das águias.

"Temos que ver o trabalho de Nélson Veríssimo na sua globalidade e sobretudo temos que ver o ponto de partida do qual ele arrancou", declarou Telmo Correia, referindo que "o ponto de partida do qual ele arrancou era um ponto de partida muito complicado", numa altura em que Jorge Jesus acabou por ser afastado do comando técnico.

Por isso, afirmou Telmo Correia, é preciso não esquecer a herança deixada por Jorge Jesus a Nélson Veríssimo e 'pesar' essas circunstâncias para fazer o balanço do trabalho do atual técnico.

"Eu acho que não há ninguém em Portugal que diga que o Jorge Jesus não é um bom treinador, que o Jorge Jesus não é um treinador com um currículo invejável. Isso não está em causa", assumiu Telmo Correia, lembrando que o balneário estava 'partido' quando Nélson Veríssimo chegou.

"Houve praticamente uma revolta do balneário. Isso foi público e o presidente Rui Costa não o escondeu. Era uma missão muito difícil do Nélson Veríssimo. E mais. [Houve] Uma revolta dos adeptos com a equipa", lembrou Telmo Correia, notando que isso agora está ultrapassado.

Por isso, Telmo Correia entende que caberá agora ao Benfica lutar no campeonato até final pela melhor classificação possível. "O plantel quer demonstrar que tem capacidade e qualidade, que vale mais do que aquilo que foi durante a época", sustentou o antigo deputado, em declarações na Sport TV.

"O Benfica está a querer fechar bem a época e a olhar já para a próxima época", completou o conhecido adepto encarnado, vendo um Benfica que quer "terminar bem esta época".

Por outro lado, em relação ao plano europeu, depois do adeus à Champions League frente ao Liverpool, Telmo Correia entende que fica a esperança de no futuro fazer melhor. "O Benfica pode no futuro chegar mais longe na Champions. O Benfica sai bem mas já era muito difícil", considerou o antigo deputado sobre a caminhada encarnada na Liga dos Campeões 2021/22.

As águias começaram esta edição da Liga dos Campeões nas pré-eliminatórias e deixaram pelo caminho o Spartak de Moscovo, de Rui Vitória, na altura, e o PSV no play-off, de Roger Schmidt. Na fase de grupos, o Benfica avançou na companhia do Bayern, deixando pelo caminho o Barcelona e o Dínamo Kiev. Já nos oitavos de final, o Benfica eliminou o Ajax, que tinha vencido todos os jogos da fase de grupos, alguns por goleada.