Prolongamento
"Nada me dá mais satisfação do que chegar a maio e poder escrever"
2022-05-19 14:50:00
"Não tenho dotes de adivinhação nem a pretensão de achar que vejo à frente dos outros", refere Pinto da Costa

Em 40 anos de presidência no FC Porto, Pinto da Costa já conquistou 23 títulos de campeão nacional mas assume que o objetivo passa por continuar a rechear o museu azul e branco com novos troféus de novas conquistas. O líder azul e branco não esconde que lhe dá uma particular satisfação chegar a maio e falar para os adeptos do FC Porto através do editorial da revista oficial Dragões.

"Nada me dá mais satisfação do que chegar a maio e poder escrever nesta página que atingimos o nosso principal objetivo: sermos campeões", começou por referir o líder dos azuis e brancos, assegurando que a felicidade que sente é partilhada por todos numa união coletiva que sente existir no clube que dirige há quatro décadas.

"A felicidade que sinto não é individual. O que me move não é poder dizer que ajudei a ganhar mais um campeonato, até porque nem sei de cor a contabilidade dos títulos a que estou ligado", assinalou Pinto da Costa.

Por outro lado, o líder dos azuis e brancos referiu sentir-se "genuinamente contente por saber que o FC Porto fica com um palmarés mais rico" mas também "por constatar que o trabalho dos jogadores, treinadores, dirigentes e funcionários é recompensado com aquilo que mais ambicionavam".

Pinto da Costa fica também agradado "por saber que há muitos adeptos que passam por situações difíceis e que por momentos têm uma vida um bocado melhor por causa deste sucesso".

Em seguida, o líder do FC Porto recordou algumas frases que foi deixando ao longo da temporada nos editoriais mensais que foi fazendo e explica que foi sentido que o título foi ficando cada vez mais perto.

"Não tenho dotes de adivinhação nem a pretensão de achar que vejo à frente dos outros. Se escrevi o que escrevi e se o que escrevi bateu tudo certo, é porque sei bem que no FC Porto se trabalha muito e com muita qualidade", salientou Pinto da Costa.

O líder do FC Porto falou depois na "confiança" que tem na "estrutura e nos nossos profissionais" sendo isso "que fundamenta" a sua "convicção" de que a probabilidade de o FC Porto ter êxito "é sempre grande".

Por outro lado, Pinto da Costa sustentou que essa crença é alheia a comentários que são feitos em programas de televisão, do qual tem conhecido segundo lhe dizem.

"E acredito nisso independentemente dos comentários que, segundo me dizem, se vão fazendo em algumas televisões por quem não sabe nada sobre aquilo de que fala", atirou Pinto da Costa.

A finalizar, o líder portista aproveitou para desafiar os rivais do FC Porto a continuarem o caminho que têm trilhado. "Continuem, porque é assim que nos alimentam para lutarmos contra tudo e contra todos", finalizou o presidente portista.