Prolongamento
"Na Seleção não vejo o Otávio preocupado se o árbitro marca faltas ou não"
2022-06-07 12:55:00
"Entra ali para jogar o jogo pelo jogo e com isso demonstra logo uma capacidade enorme", diz antigo avançado do Sporting

Otávio estreou-se há poucos meses como internacional por Portugal pela mão de Fernando Santos e vai-se impondo no onze titular da turma das quinas. Em Alvalade, há quem note que o Otávio de quinas ao peito revela diferenças comportamentais durante as partidas em relação ao Otávio de dragão ao peito, nomeadamente nas reações que tem junto das equipas de arbitragem ao serviço do FC Porto que, por exemplo, Manuel Fernandes diz não ver ao serviço da Seleção Nacional.

"Quero realçar uma coisa que é visível. Muitas vezes, o Otávio não dá tanto nas vistas no futebol português porque ele preocupa-se mais em simular, em discutir com o árbitro", faz notar a lenda leonina, destacando que na Seleção Nacional não tem visto Otávio a reclamar com as equipas de arbitragem.

"Não vejo o Otávio preocupado se o árbitro marca faltas ou não. Só está preocupado com aquilo que o selecionador lhe diz para fazer. Não faz simulações nenhumas", acrescentou Manuel Fernandes, realçando que, uma vez que Otávio encara os jogos da Seleção Nacional deste modo, acaba por revelar a sua qualidade.

"É um jogador que entra ali para jogar o jogo pelo jogo e com isso demonstra logo uma capacidade enorme porque ele é um excelente jogador mas peca por querer enganar os árbitros e por pressionar os árbitros através de gestos", insistiu o antigo avançado internacional português que se notabilizou de leão ao peito.

Em declarações no canal de televisão oficial dos leões, Manuel Fernandes referiu também que o luso-brasileiro Otávio tem vindo a mostrar ser uma opção válida para o selecionador nacional de Portugal Fernando Santos.

"Demonstrou que é um jogador para a Seleção Nacional. Sabe jogar e taticamente é um jogador perfeito", defendeu a este respeito a glória verde e branca.

Além disso, Manuel Fernandes sustentou ainda que nos jogos do FC Porto, por exemplo, Vitinha acaba por se evidenciar mais que Otávio, pois o ex-avançado dos leões não vê Vitinha a envolver-se em situações com as equipas de arbitragem.

Com ou sem Otávio, Manuel Fernandes disse ainda que espera que a Seleção Nacional possa continuar o caminho ascendente tendo em vista os meses que faltam para o Campeonato do Mundo, que se irá realizar no Qatar entre os meses de novembro e dezembro deste ano.

A prova mundial de seleções irá decorrer nos meses finais do ano, ao contrário do que é tradição, por conta das condições climatéricas adversas [muito calor] que se fazem sentir nos meses de junho e julho naquela zona do globo.