Prolongamento
"Jogadores do Benfica não eram tão bons como algumas capas de jornais trouxeram"
2022-03-11 12:15:00
"Também não são tão maus como ultimamente se diz", afirma ex-jogador Cândido Costa

O pior da temporada do Benfica já lá vai ou o ciclo menos positivo poderá continuar? Esta é uma das questões que os benfiquistas colocam nesta altura dado que a formação encarnada já foi capaz de oferecer alegrias imensas aos adeptos nesta época (triunfo na Luz contra o Barcelona, por exemplo, para a Champions League) mas outros desaires contra rivais e não só.

É por isso com alguma incerteza que a cada jogo os adeptos do Benfica assistem aos embates da sua equipa. No entanto, entre antigos jogadores de futebol há quem note que esta equipa das águias demonstra agora outro tipo de rendimento no campo e na atitude que coloca em cada partida de futebol. "Há um sentimento de mangas arregaçadas, de gente solidária no processo", identifica Cândido Costa.

O antigo jogador de futebol está certo de que "se é verdade que porventura os jogadores não eram tão bons como algumas capas de jornais trouxeram nas manchetes quando foram contratados, também não são tão maus como ultimamente se diz", afirmou o antigo futebolista.

Por outro lado, Cândido Costa desafia ainda os jogadores do Benfica a olharem para tudo que se tem dito sobre eles e assumirem o seu orgulho para continuar a dar a volta à situação. 

"Acho que é altura de os jogadores olharem para isto. 'Será que somos assim tão maus como se diz?'", desafia o ex-futebolista Cândido Costa que, em declarações no canal 11 da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), aconselhou o clube da Luz e os seus jogadores a trabalharem mais e a terem menos declarações públicas.

"Falar menos e jogar mais. O Benfica parece-me mais grupo e não é por quem saiu ou por quem entrou. Dentro, curaram-se e estão mais grupo. Estão com sangue na guelra", salientou o antigo jogador de futebol Cândido Costa.

O clube da capital portuguesa aponta para a reta final da temporada com dois objetivos em mente no horizonte. No campeonato nacional tenta chegar mais próximo dos rivais FC Porto e Sporting.

Já na Liga dos Campeões, a turma orientada por Nélson Veríssimo tenta deixar pelo caminho o Ajax e seguir para os quartos de final da prova tutelada pela UEFA.

Na primeira mão, no Estádio da Luz, o Benfica empatou a duas bolas contra o emblema dos Países Baixos. Na próxima semana, o Benfica desloca-se a Amesterdão para defrontar a equipa neerlandesa orientada pelo técnico Erik ten Hag.