Prolongamento
"Ia ganhar mais no Benfica, mas foi o desafio", diz Luiz Phellype
2021-06-21 12:25:00
Avançado deixa ainda elogios a Rúben Amorim

Avançado que pertence aos quadros do Sporting, Luiz Phellype explica que quando assinou pelos leões tinha em mãos uma proposta do Benfica mas optou por seguir para Alvalade, onde ainda não se conseguiu fixar, devido ao "desafio" que representava jogar de leão ao peito. "Ia ganhar mais no Benfica, mas foi o desafio".

Contratado ao Paços de Ferreira, Luiz Phellype, que terminou a última época a jogar pelo Sporting B, realça que a ambição de lutar por um lugar, na altura, com Bas Dost também pesou no momento de escolher o Sporting. "Quando cheguei tinha o Bas Dost, um ídolo. Mas era ele, não havia outro. Pensei que devagar ia lá chegar. Foi o maior motivo. Desafio e vontade de vencer, não ser apenas mais um".

No Sporting desde finais de dezembro de 2018 e inícios de janeiro de 2019, Luiz Phellype não entrou nas contas de Rúben Amorim na última época mas não deixa de prestar rasgados elogios ao técnico dos sportinguistas.

Para Luiz Phellype, Rúben Amorim "sabe o que os jogadores estão a pensar e o que sentem". Nesse sentido, considera o avançado brasileiro, essa foi a "maior arma do Sporting".

Para o sucesso, Luiz Phellype entende que foi fundamental o facto de Rúben Amorim "conversar como alguém que sabe o que está a acontecer lá dentro", até porque terminou a carreira de futebolista há poucos anos.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o ex-avançado do Paços de Ferreira Luiz Phellype destacou ainda que a mudança de "mentalidade" acabou por pesar também para a época de sucesso dos leões.

"Na questão tática não houve muita coisa diferente, foi mais a mentalidade, ele entrar na cabeça e convencer de que podíamos. Todos perceberam que o treinador estava certo e que era isso que tínhamos de fazer."

Luiz Phellype referiu ainda que quando um treinador alcança essa meta de convencer o plantel o sucesso fica mais próximo. "É um passo muito grande para o sucesso. Foi o que aconteceu".

Nestas declarações, Luiz Phellype mostrou-se ainda confiante de que poderá ser uma opção válida para Rúben Amorim e para o Sporting nesta nova temporada.

"Vou retomar a carreira e continuar, tenho tempo para isso, vontade e ambição em ser melhor do que era antes", defeniu Luiz Phellype, avançado que procura convencer os responsáveis do leão a darem-lhe uma vaga no plantel às ordens de Rúben Amorim que tentará defender o título conquistado na última temporada.