Prolongamento
FPF vai criar plataforma para denúncia de situações de discriminação
Redação
2021-04-12 10:55:00
Denúncias feitas na plataforma "serão acompanhadas e punidas" dentro do "quadro normativo" da Federação

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) vai criar uma plataforma digital para permitir a denúncia de qualquer tipo de discriminação e sancionar esses comportamentos, anunciou hoje o presidente, Fernando Gomes.

Durante o debate virtual "Mulher, Desporto e Igualdade", o presidente da FPF informou que essa ferramenta está a ser trabalhada e que se vai chamar Futebol Para Todas.

"A FPF está a trabalhar na criação de uma plataforma digital, Futebol Para Todas, que vai agregar todo este trabalho feito na área de intervenção social", referiu o dirigente federativo.

Fernando Gomes acrescentou que "este novo instrumento permitirá, como em outras áreas de intervenção da FFP, denunciar qualquer tipo de discriminação de género, de raça, orientação sexual ou discriminação de pessoas com deficiência".

Segundo o presidente da FPF, as denúncias feitas na plataforma "serão acompanhadas e punidas" dentro do "quadro normativo" da federação.

Na abertura da iniciativa, no âmbito de um ciclo de debates digitais, Fernando Gomes acentuou que a federação quer assumir o "papel de uma sociedade mais igualitária e justa".

"Terão sempre na FPF um parceiro empenhado na construção de mais e melhor futebol, mas também de uma sociedade mais equitativa e evoluída", vincou o dirigente.

Fernando Gomes sublinhou ainda ter sido duplicado, em nove anos, o número de praticantes federados, estar a ser feita a gestão de 24 competições femininas e de 12 seleções nacionais, mas referiu que isso não chega.

"Queremos continuar esta trajetória ascendente, ter mais meninas e mulheres a praticar a nossa modalidade e conseguir melhores resultados a nível nacional e internacional", enfatizou o presidente da FPF.

Tags: