Prolongamento
"Fizemos um grande trabalho de 'scouting' com Raul de Tomas", diz Tiago Pinto
Redação
2021-06-10 21:20:00
Antigo responsável pelo futebol encarnado convencido que foi o "contexto" que falhou na afirmação do avançado na Luz

A transferência de Pedrinho do Benfica para o Shakhtar Donetsk, por uma verba de 18 milhões de euros, como comunicou o clube da Luz à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) trouxe à recordação de muitos adeptos um negócio em tudo semelhante com Raul de Tomas. Na época 2019/20, o espanhol chegou como a grande esperança do ataque das águias para tentar fazer esquecer Jonas e João Félix. O avançado formado no Real Madrid chegou com pompa e circunstância. 

Porém, na Luz, as coisas não correm muito bem ao avançado que meia época depois voltou para Espanha, a título definitivo, com os cofres encarnados e não perderem dinheiro nesta transferência, segundo informou a SAD benfiquista, na altura. Ora, o negócio foi agora recordado também por Tiago Pinto, diretor da Roma, antigo responsável pelo futebol encarnado.

"Gerou muitas expectativas, mas não saiu bem", admitiu Tiago Pinto, esclarecendo que os 'olheiros' do Benfica detalharam relatórios sobre o avançado formado no Real Madrid.

"Era um jogador muito bom, fizemos um grande trabalho de 'scouting'", explicou Tiago Pinto, em declarações num congresso sobre futebol promovido pelo jornal espanhol AS.

Para o agora responsável da Roma, Raul de Tomas ou RDT como também era conhecido "jogava muito bem, mas o contexto não foi o melhor", lamentou o antigo responsável do Benfica.

Tiago Pinto lembra a recente campanha do jogador no clube catalão onde joga para justificar o talento que identifica ainda em Raul de Tomas. "Este ano, foi o melhor marcador da segunda divisão, no Espanhol, o que ilustra a sua qualidade", concluiu o antigo responsável pelo futebol das águias.

Com a camisola principal do Benfica, Raul de Tomas totalizou 17 partidas oficiais, tendo apontado três golos. Uma marca que não convenceu os benfiquistas.