Prolongamento
"Corro o risco de ofender portistas mas parece complexo de inferioridade"
2020-09-19 18:15:00
Comentador da SIC Notícias fala das "gentes de uma determinada região que se julgam apertadas pelo centralismo"

Sérgio Conceição confessou que os dragões são "o alvo a abater dentro e fora do campo" nesta temporada. David Borges, um dos mais mediáticos comentadores de futebol, admitiu na SIC Notícias que este discurso portista "já cansa" mas o clube tende a prosseguir com ele ano após ano.

"Corro o risco até de ofender os portistas e os portuenses ao dizer isto mas até já parece complexo de inferioridade", analisou David Borges, admitindo que compara a posição assumida pelo FC Porto com a do Barcelona, em Espanha.

"Para o FC Porto este discurso deve funcionar para ser repetido todos os anos é porque se decide internamente que funciona. É verdade que eu pessoalmente já me cansei deste 'nós contra todos, alvo a abater dentro e fora do campo'. Já não faz nenhum sentido", considerou David Borges, que se prolongou na análise a esta situação e mostrou o seu desagrado.

"O Barcelona também é vitimista por natureza. Também é o Barcelona contra tudo e contra todos, contra o centralismo de Madrid, o Real Madrid domina tudo, domina os árbitros, a comunicação social... e o Barcelona tem triunfado há duas décadas. Teve a equipa que globalmente foi considerada a melhor de sempre, a dirigida pelo Guardiola, foi campeão europeu, venceu campeonatos de Espanha, tem oito campeonatos em 12. Tal como o FC Porto", comentou David Borges.

Na SIC Notícias, o comentador admitiu ainda que as palavras de Sérgio Conceição encontram semelhança na imprensa da Catalunha.

"Se formos ler os jornais da Catalunha vemos que o discurso é semelhante. É o Real Madrid a dominar tudo, agora domina o VAR. E o FC Porto tem um discurso muito próximo. Também já protestou muito contra o VAR. Para mim, não faz sentido. Mas tem que ver com as idiossincrasias das gentes de uma determinada região que se julgam apertadas, sufocadas pelo centralismo da capital."

David Borges sublinha ainda que tem uma análise diferente para aquilo que se passa na realidade desportiva.

"Eu não penso isso. Mas este é o discurso do Barcelona face ao Real Madrid e é o discurso do FC Porto face ao Benfica sobretudo e ao centralismo de Lisboa", referiu.

E continuou: "Todos os anos acontece este discurso de um FC Porto guerreiro a entrar em campo, posto a batalhar contra moinhos de ventos, contra a influência que o Benfica tem na comunicação social."

O comentador insiste que este "é um discurso que continua a valer a pena para o FC Porto".

"Para mim, não. Estamos num tempo em que todos desejamos um melhor FC Porto possível, um melhor Benfica possível, um melhor Sporting, um melhor SC Braga, Vitória de Guimarães e por aí fora."