Prolongamento
"Benfica quando ganhava fazia congressos, agora arma-se em calimero"
2022-04-04 21:30:00
"Foram descobertos uns emails, uns temas. Benfica tenta fazer esquecer isso tudo", refere Dias Ferreira

O antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting diz que não compreende o comportamento que a comunicação do Benfica tem vindo a assumir nos últimos tempos, nomeadamente em relação às queixas dirigidas relativamente ao trabalho do árbitro no Sporting-Paços de Ferreira.

"Antigamente, há uns anos, quando o Benfica ganhava faziam fóruns ou congressos sobre a forma de influenciar tudo e todos no futebol. Esse era o discurso oficial e público do Benfica e tinha uma cartilha na comunicação social com os seus elementos. Mas isso acabou, acabou por foi descoberto o que é que havia, foram descobertos uns emails, uns temas, etc. Agora, para tentar fazer esquecer isso tudo, armam-se em calimeros e estão sempre a falar nessa situação de que são prejudicados pelos árbitros", afirmou Dias Ferreira.

Por conseguinte, o antigo dirigente do emblema verde e branco assegurou que isso "é um problema deles" e "eles que o resolvam". "A gente tem de distinguir o que é culpa nossa e o que é culpa dos outros", defendeu, dizendo que não percebe as reclamações do rival da Luz em direção a Alvalade.

"Não sei o que o Benfica tem a reclamar. Foi o cartão amarelo ao Palhinha onde não houve falta nenhuma?", interrogou Dias Ferreira, em declarações na Antena 1, sobre o cartão amarelo que tira o centrocampista verde e branco do próximo jogo dos campeões nacionais.

Por outro lado, em relação aos assobios que os sportinguistas prestaram em alguns momentos à equipa, em Alvalade, diante do Paços de Ferreira, Dias Ferreira admitiu que os encarou com naturalidade.

"Na altura em que se ouviam os assobios, e em que o Rúben Amorim fez as alterações, parecia que o Sporting tinha adormecido um bocado, é verdade. E acordou com novos jogadores que deram uma dinâmica".

Além disso, Dias Ferreira sustentou ainda que acredita que a equipa leonina ainda pode chegar ao primeiro lugar da classificação do campeonato. "Nada está ganho nem está tudo perdido", salientou.

O treinador do Sporting Rúben Amorim já defendeu que acredita que a sua equipa será capaz de vencer todos os jogos até final da temporada em curso.

"Tenho essa convicção de que nós vamos conseguir ganhar os nossos jogos todos. Depois, o que tiver de acontecer, acontecerá. Não acredito em mais nada do que ganhar os nossos jogos e, no fim, vamos fazer as contas", atirou o treinador Rúben Amorim, em conferência de imprensa.