Prolongamento
APAF reforça meios para identificar denúncias e comportamentos de risco
Redação
2021-02-19 12:40:00
Associação de árbitros defende que a ERC "tem um papel fundamental na monitorização e sanção de programas televisivos"

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) vai reforçar os meios para identificar e encaminhar com maior celeridade e efetividade as denúncias e comportamentos de risco, relacionados com os agentes desportivos, informou hoje o organismo em comunicado.

Na sequência de um encontro com o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, para debater as novas formas de combater a violência vivida no futebol, a AFAF enalteceu a resposta célere ao pedido de “reunião urgente” e os “passos importantes que foram dados”, para dar resposta aos desafios e problemas da atualidade.

“Um dos caminhos debatidos passou pelo reforço do canal de comunicação direta com a APCVD (Autoridade de Prevenção e Combate à Violência no Desporto). Este esforço conjunto e estratégia coordenada, permitir-nos-á identificar e encaminhar com maior celeridade e efetividade as denúncias relacionadas com os agentes desportivos”, pode ler-se na nota divulgada pelo organismo.

A APAF frisa que o problema ocorre “fora do âmbito do terreno de jogo, mais concretamente, na imprensa nacional e redes sociais”, sendo que, este reforço, passa por “conseguir identificar com maior assertividade os comportamentos de risco que possam ser indiciados com processos criminais”.

A associação dos árbitros apela também à Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC), uma vez que “tem um papel fundamental na monitorização e sanção de programas televisivos, nos quais os seus principais intervenientes possam ser o foco principal do despoletar de atos e publicações que incentivam a violência associada ao desporto”.

Para que exista uma mudança de perspetiva, a entidade alerta que “a aceitação desta ‘normalidade’ como liberdade de imprensa pode ser uma mensagem perigosa com consequências graves”.