Prolongamento
Ana Gomes de mira apontada a “um dos patrões da Doyen”
2020-08-21 16:45:00
Ativista comenta suspeitas do envolvimento de Tevfik Arif em branqueamento de capitais e tráfico de seres humanos

Ana Gomes, a ativista contra a corrupção que é conhecida no mundo do futebol por defender as denúncias de crimes económicos feitas por Rui Pinto, apontou agora a mira a Tevfik Arif, "um dos patrões da Doyen", fundo de investimentos com ligações ao desporto.

De acordo com a revista Forbes, o Senado dos EUA concluiu que Tevfik Arif "estava envolvido no crime organizado russo, branqueamento de capitais e tráfico de seres humanos desde 2000".

Questionada pela Forbes, a porta-voz de Tevfik Arif recusou comentar o artigo, que abordava as ligações de vários "parceiros" de Donald Trump, o Presidente dos EUA, ao mundo do crime.

Num comentário no Twitter, Ana Gomes não deixou passar o artigo da revista em claro.

"Ó, que lindo", começou por referir, ao salientar a referência no artigo a "um dos patrões da Doyen".

"Bem que a Polícia Judiciária e Rui Pinto já estão a trabalhar juntos....", acrescentou a antiga eurodeputada.

Tevfik Arif é o fundador do grupo imobiliário Bayrock, que desenvolveu vários projetos com o grupo empresarial de Donald Trump.

Através do Football Leaks, Rui Pinto denunciou, em 2015, que o fundo Doyen pertence aos quatros irmãos Arif: Refik, Tevfik, Rustem e Vakif.