Prolongamento
"A SAD estará a fazer o melhor que pode pelo FC Porto"
2022-06-30 14:50:00
"É apanágio do FC Porto não anunciar na imprensa muito tempo antes, como acontece com outros clubes", diz ex-vice

O plantel do FC Porto está a sofrer uma reformulação e alguns adeptos têm manifestado a sua apreensão relativamente ao que será a versão 2022/23 dos campeões nacionais e vencedores da Taça de Portugal. Sérgio Conceição parte para nova temporada à frente dos azuis e brancos e sem algumas das unidades com as quais contou na última época.

Mas seja como for, Paulo Teixeira, antigo vice-presidente dos azuis e brancos, deixa uma mensagem de tranquilidade e sossego para os portistas, apelando a que confiem nas decisões tomadas por Pinto da Costa, o presidente, e os seus pares na SAD azul e branca relativamente à abordagem ao mercado de transferências quer quanto a entradas como saídas.

Em relação a Vitinha, Paulo Teixeira diz que se trata de "uma perda, mas os negócios são assim mesmo". "As cláusulas existindo e sendo cumpridas têm de ser avaliadas", disse o antigo dirigente do FC Porto, realçando que confia nas decisões da SAD portista.

"E por isso, penso que a SAD estará a fazer o melhor que pode pelo FC Porto e pelo seu plantel", afirmou Paulo Teixeira, sublinhando que os azuis e brancos estão habituados a perder jogadores ao longo das épocas.

"Outros jogadores em outras épocas também saíram e com certeza que se vão encontrar soluções para que o FC Porto possa competir de novo para ser novamente campeão nacional", vaticinou o antigo vice-presidente dos dragões.

Por outro lado, Paulo Teixeira referiu ainda que os adeptos gostariam de contar com jovens da formação no plantel, mas compreende as exigências do mercado financeiro.

"Enquanto adeptos e sócios podemos querer que um jogador fique, mas há questões financeiras que o clube tem de resolver", lembrou Paulo Teixeira, em declarações na Renascença.

Para os adeptos, sócios e simpatizantes do emblema da Invicta o antigo dirigente dos azuis e brancos faz um apelo à calma e realça que Pinto da Costa tem mostrado ao longo dos anos que os negócios do FC Porto não são avançados pela imprensa.

"Eu penso que é importante haver alguma tranquilidade porque nem sempre aquilo que vem nos jornais se concretiza depois na prática. É apanágio do FC Porto não anunciar na comunicação social muito tempo antes, como acontece com outros clubes às vezes, de o negócio se concretizar", declarou Paulo Teixeira num olhar à atualidade do FC Porto, nomeadamente em relação ao mercado de transferências que só encerrará no mês de agosto.