Prolongamento
"A acusação é feita com base no testemunho de cinco pessoas ligadas ao Sporting"
2022-05-13 16:15:00
Incidentes na garagem do Dragão podem valer castigos a Conceição, Baía e Rui Cerqueira

Sérgio Conceição, Vítor Baía e o assessor do plantel principal do FC Porto Rui Cerqueira enfrentam a justiça desportiva por conta dos incidentes ocorridos em fevereiro na garagem do Estádio do Dragão após o clássico entre FC Porto e Sporting, que terminou empatado mas num clima muito 'quente' entre os protagonistas e elementos da organização.

O treinador do FC Porto lamenta que, por estes dias, se dê mais foco ao problema ocorrido fora das quatro linhas do que propriamente se fale no FC Porto campeão nacional. "A mim perturba-me falar-se mais destes episódios dos festejos, da possível confusão que houve, do que do título. Incomoda-me", reconheceu Sérgio Conceição.

O treinador do FC Porto diz que não compreende como é que a justiça desportiva o coloca juntamente com o vice-presidente do FC Porto e um dos responsáveis pela comunicação azul e branca na condição de acusados e só depois é que estes podem prestar justificação em sede própria.

Por outro lado, Sérgio Conceição justificou ainda que o seu gabinete no Estádio do Dragão fica próximo da garagem onde os incidentes tiveram lugar e só por isso esteve presente.

"A passagem para a sala de conferência e para a garagem fica a 15 metros do meu gabinete. Fui ver o que se passava. Não pode haver um polícia ou um delegado da Liga ou uma imagem ou uma pessoa idónea que possa dizer que eu fiz isto ou aquilo ou que alguém tenha feito o que foi relatado na acusação", afirmou Sérgio Conceição, em declarações aos jornalistas.

Por conseguinte, o treinador campeão nacional lamentou a forma como o processo é conduzido. "A acusação é feita com base no testemunho de cinco pessoas ligadas ao Sporting".

"Primeiro acusam, depois vão ouvir os acusados. Mas isso são as fases do processo que não entendo", completou o treinador do FC Porto.

A comissão de instrutores da Liga, recorde-se propôs que Sérgio Conceição, Vítor Baía e Rui Cerqueira sejam castigados na sequência das queixas do Sporting por conta dos incidentes na garagem do Estádio do Dragão, após o clássico de fevereiro entre FC Porto e Sporting.

O caso está no Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. Este organismo já tem em sua posse o relatório, estando agora a analisar o caso.

Apesar de no relatório do delegado da Liga não ser feita qualquer referência ao que aconteceu na garagem do estádio do FC Porto, o Sporting apresentou queixa e o caso está a ser investigado.