Portugal
"Vitória respira confiança para enfrentar este último ciclo"
Redação
2021-04-03 13:25:00
João Henriques garante que tem a equipa preparada para a fase decisiva da I Liga

O treinador João Henriques afirmou hoje que o Vitória de Guimarães "respira confiança" antes do derradeiro ciclo de 10 jogos na I Liga de futebol, com início na receção de domingo ao Tondela, para a 25.ª jornada.

Após uma série de nove encontros em fevereiro e março, na qual só venceu um - Boavista, em casa (2-1) -, a equipa vimaranense aproveitou a interrupção competitiva ditada pelos compromissos das seleções nacionais para viver "duas semanas boas de trabalho" e para se "focar jogo a jogo na conquista dos pontos", realçou.

"Nestas últimas semanas, a equipa focou-se num único objetivo, o de conquistar os três pontos frente ao Tondela. Todo o grupo está muito concentrado nos objetivos do clube e nas tarefas individuais e coletivas. O Vitória respira confiança para enfrentar este último ciclo", disse, na antevisão por videoconferência ao desafio agendado para as 17h30.

Com os minhotos na sexta posição, com 35 pontos, a nove da quinta posição, ocupada pelo Paços de Ferreira, João Henriques considerou mais importante os seus pupilos concentrarem-se naquilo que podem "controlar" do que na classificação final ainda possível, tendo assinalado que ninguém pode "conquistar nove pontos num jogo".

"Este jogo vale três pontos. Depois vemos se nos aproximamos do adversário à frente. Mas não nos compete olhar para os jogos do adversário. A nossa única preocupação é, no próximo jogo, vencer, de preferência com a baliza a zeros", vincou.

O ‘timoneiro' avisou também que o Vitória deve "respeitar" o Tondela, equipa "bem organizada" e com "jogadores com qualidade" classificada no 12.º posto, com 25 pontos, reconhecendo os seus "pontos fortes" e também aquilo que pode "explorar para ganhar o jogo".

Sem Pepelu, médio até agora utilizado em 24 partidas oficiais, que viu o quinto cartão amarelo na jornada anterior, na visita ao líder Sporting (derrota por 1-0), João Henriques não esclareceu que sistema tático vai utilizar, depois da transformação do habitual 4x3x3 num modelo com três defesas nos últimos dois jogos.

"As pré-épocas servem para arranjarmos plano A e plano B. Quando cheguei, apanhei o comboio em andamento e entrei a treinar para competir. O calendário também não deu grande espaço para treinar. Gosto sempre de ter planos alternativos ao sistema de base. O que mais importa é ter princípios bem consolidados, independentemente do sistema a utilizar", disse.

Questionado sobre o futuro no emblema vimaranense, com o qual tem opção para prolongar o contrato por mais um ano, até ao final da época 2021/22, o treinador respondeu que "treinadores, jogadores e administração estão todos focados no mesmo objetivo" para a presente temporada.

O Vitória de Guimarães, sexto classificado da I Liga, com 35 pontos, recebe o Tondela, 12.º, com 25, em partida da 25.ª jornada, agendada para as 17:30 de domingo, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, com arbitragem de Fábio Melo, da Associação de Futebol do Porto.