Portugal
"Vitória confirma que Sporting ficará à frente do eterno rival"
Redação
2021-05-07 11:25:00
Miguel Braga destaca certeza que resulta do triunfo frente ao Rio Ave: os leões não serão ultrapassados pelo Benfica

O diretor de Comunicação do Sporting assina um artigo de opinião no site do clube de Alvalade onde dá ênfase a uma consequência da vitória leonina frente ao Rio Ave, na ronda 31: a garantia de que a formação orientada por Rúben Amorim terminar o campeonato à frente do Benfica. 

Também esta semana, a equipa de Rúben Amorim conseguiu mais uma vitória, com uma exibição personalizada e segura em Vila do Conde frente ao Rio Ave FC”, enquadra aquele responsável, que realça, por outo lado, o “recorde” de “31 jogos seguidos na mesma época sem conhecer o sabor da derrota”. 

“Esta vitória, apesar de valer ‘apenas’ três pontos, deixou-nos também duas certezas: a conquista do objetivo delineado no início da época – a entrada direta na Liga dos Campeões – e que o Sporting ficará à frente do seu eterno rival na classificação do Campeonato Nacional de futebol, feito que não acontece desde a época 2008/2009”, escreve Miguel Braga. 

No seu artigo, o diretor de Comunicação não passa ao lado do “enorme golo de Paulinho”, nessa partida, remate certeiro que selou o triunfo em Vila do Conde. Com esse resultado, aliado ao empate no clássico entre Benfica e FC Porto, o Sporting necessita apenas de dois pontos para conquistar o título.  

A distância para o fim do jejum leonino é curta, mas ainda existe. E por isso Miguel Braga destaca que o foco deve estar agora no jogo com o Boavista, na 32.ª jornada, em Alvalade.  

“Concentração, humildade e muito trabalho é a receita em que a equipa se especializou. Dar continuidade ao que tem sido conquistado está na mente de todos”, realça. 

Em caso de triunfo do Sporting, ficam fechadas as contas do título. E os leões podem até entrar em campo já com o título de campeão garantido, se o FC Porto perder pontos com o Farense, na véspera.