Portugal
"Vieira deita-os abaixo por serem mais benfiquistas que vieiristas"
2022-09-23 14:55:00
"Vieira vai para o Big Brother de outra coisa", diz antigo dirigente do Sporting

O antigo presidente do Benfica promete para breve revelações a respeito dos anos em que comandou o clube da Luz. Entre a 'vizinhança' da Luz, em Alvalade, apesar da rivalidade, há quem diga que não espera com curiosidade o que aí vem, pois trata-se de um exercício por parte de Luís Filipe Vieira na tentativa de jogar as "cartas todas" para não cair no esquecimento.

"Se o Benfica terminar esta época como a está a começar, adeus Luís Filipe Vieira. Nunca mais vai ser nada no Benfica. Ele agora joga as cartas todas. Quando Luís Filipe Vieira foi para o Benfica, o Benfica precisava de Luís Filipe Vieira. A partir de determinada altura, Luís Filipe Vieira precisava do Benfica. E quando Luís Filipe Vieira precisou do Benfica deu-se o desastre. Não pode ser. Ele não pode precisar dos clubes", comentou o antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting Dias Ferreira.

O antigo dirigente verde e branco diz que a comparação que já vai sendo feita entre Luís Filipe Vieira e João Vale e Azevedo poderá não ser benéfica para a imagem do ex-presidente das águias.

"Já ouço muitos benfiquistas dizer que Luís Filipe Vieira começa a ser comparado a Vale e Azevedo e isso é perigoso para ele", avisou Dias Ferreira.

Em declarações no canal de televisão A Bola TV, o antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting nota que a partir de dado momento o Benfica passou a funcionar como 'tábua' de 'salvação' para Luís Filipe Vieira.

"A partir do momento em que um presidente precisa do clube para os seus problemas pessoais está tudo estragado. O indivíduo vai para servir os clubes e não para se servir. Isto é uma frase feita mas que tem significado."

Em relação às revelações prometidas por Luís Filipe Vieira para breve, e que vão ser dadas a conhecer também em livro intitulado 'A Verdade de Vieira', Dias Ferreira diz que a presença do ex-presidente encarnado na CMTV irá assemelhar-se ao "Big Brother".

"Eu acho que Luís Filipe Vieira vai fazer uma figura muito aproximada. Vai participar num programa que é pouco mais que o Big Brother. É o Big Brother de outra coisa", salientou Dias Ferreira, realçando, todavia, que há gente que "vai tremer".

"Há muita gente que vai tremer com o que Luís Filipe Vieira vai dizer. E isso ainda é mais degradante ou ainda é mais repugnável porque trabalhou com eles, foram pessoas leais e agora deita-os abaixo por serem mais benfiquistas que vieiristas", concluiu.