Portugal
Varzim rescinde com treinador Fernando Valente
Mauro
2019-03-11 17:25:00
Técnico estava há três meses no clube

O Varzim, da II Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a rescisão de contrato com o treinador Fernando Valente, justificando a decisão pelos "maus resultados desportivos e a posição da equipa na tabela classificativa".

O técnico, de 59 anos, tinha chegado ao emblema poveiro há três meses, para suceder a Nuno Capucho, que tinha começado a temporada no comando, mas, nos 15 jogos em que orientou a formação nortenha, conseguiu apenas quatro vitórias, somando três empates e oito derrotas.

"Neste momento delicado que o clube atravessa, face aos maus resultados desportivos e à posição que a equipa ocupa na tabela classificativa, entenderam ambas as partes não haver condições para a continuidade do treinador", explicou o Varzim, em comunicado, depois de uma reunião que decorreu hoje.

No mesmo texto, o Varzim agradeceu "todo o trabalho realizado por Fernando Valente desde o primeiro dia, bem como da sua equipa técnica", e enalteceu "a forma cordial e respeitadora com que o treinador abordou e resolveu a sua situação" junto dos responsáveis do clube.

A derrota de domingo frente ao Farense, por 3-0, agudizou a situação classificativa do emblema da Póvoa de Varzim, que caiu para os lugares de descida de divisão, ocupando agora o 16.º posto, com 27 pontos, menos um do que o Sporting de Braga B, que está no primeiro lugar acima da 'linha da água'.

Fonte do clube poveiro disse à Agência Lusa que "estão a ser desenvolvidos esforços para ser contratado um novo treinador nos próximos dias", a tempo do próximo compromisso da equipa, no domingo, na receção à Oliveirense, em partida da 26.ª jornada da II Liga.