Portugal
"Vai acontecer ao FC Porto o que aconteceu com o Sporting de Varandas"
2024-06-06 10:40:00
"Não é uma questão de sportinguização. É uma questão de boa gestão", avisa ex-dirigente leonino Paulo Andrade

A expressão 'apertar o cinto' é muito comum e popular na política. Mas também nas finanças de cada um é reconhecida como um tempo em que é necessário controlar despesas e potenciar ganhos. No Sporting, quando Frederico Varandas entrou para a administração, a SAD teve de 'apertar o cinto'. Agora acontecerá o mesmo ao FC Porto, segundo avisa Paulo Andrade, ex-dirigente verde e branco.

"Eu acho que há uma questão de fundo com a qual os adeptos do FC Porto vão ter de viver com ela durante algum tempo. Gostem ou não, as questões financeiras vão estar em cima do dia, diariamente na gestão da SAD do FC Porto. Não tenham a mínima dúvida", avisou o antigo administrador sportinguista.

"Vai acontecer ao FC Porto um bocado do que aconteceu com o Sporting com Frederico Varandas", antecipou Paulo Andrade, aconselhando a SAD portista a ter uma "boa gestão" para evitar a falência.

FC Porto de Villas-Boas como "Sporting de Varandas"

"Não é uma questão de sportinguização. É uma questão de boa gestão. É uma questão de boa gestão, de não deixar que a SAD vá à falência", referiu o antigo dirigente do Sporting.

De resto, Paulo Andrade antecipou o que será feito no Dragão para controlar a situação financeira. "Vão olhar para os custos, vão olhar para a produtividade que é uma coisa que não se sabe muitas vezes o que significa", indicou Paulo Andrade, em declarações na CMTV.

"A situação económica e financeira é de tal maneira grave que todos os atos de gestão futebolística e das modalidades vão estar condicionados por essa situação. Não há alternativa", referiu o ex-dirigente do Sporting no olhar à situação do FC Porto.

"Trabalho feito no Sporting seguido por André Villas-Boas"

Nesta altura há credores que emprestaram dinheiro ao FC Porto que aguardam pelos pagamentos. Nesse sentido, Paulo Andrade acredita que o scouting terá um papel fundamental para que o plantel dê rendimento e assim possa gerar produtividade e lucros.

"Não é uma questão de sportinguização. É uma questão de boa gestão"

"O scouting vai ter um papel vital no aproveitamento de jogadores da formação", destacou Paulo Andrade, certo de que não restam alternativas ao presidente André Villas-Boas.

"O trabalho que foi feito no Sporting nestes últimos anos vai ser seguramente seguido por André Villas-Boas. Não têm alternativas", alertou ainda Paulo Andrade.

Depois de 42 anos de presidência, Pinto da Costa deixou a liderança do clube e da SAD. Há vários anos que o emblema portista enfrenta problemas de ordem financeira.