Portugal
"Uns perdem campeonatos há anos e anos e não se vê os presidentes a falar"
2022-10-18 11:40:00
"Parecia um tema da Ágata. Abandonado. Coitado do Rúben Amorim. Ninguém o defende", diz ex-jogador

Vários sportinguistas têm reclamado relativamente ao silêncio de Frederico Varandas nesta fase em que o Sporting enfrenta uma crise de resultados e Rúben Amorim vive o período mais delicado enquanto treinador dos leões, cargo que exerce desde março de 2020, altura em que trocou o SC Braga pelo conjunto verde e branco.

Fernando Mendes, antigo jogador de clubes como Sporting, Benfica, FC Porto e Boavista, entre outros, sai em defesa de Frederico Varandas e ironiza relativamente às declarações daqueles que apontam Rúben Amorim como sendo um homem sozinho em Alvalade nesta altura.

"Parecia um tema da Ágata. Abandonado. Coitado do Rúben Amorim. Ninguém o defende. Ele não precisa que ninguém o defenda. Para quê? Ele defende-se a ele próprio", considerou Fernando Mendes.

Por outro lado, o antigo jogador de futebol referiu que não exige, ao contrário de outros, que Frederico Varandas tenha de vir a público defender o técnico, até porque, recorda, existem clubes em jejum de títulos cujos presidentes não surgem em público a defender treinadores.

"Por acaso até é hábito no futebol português quando as equipas perdem os presidentes e os diretores-desportivos dão apoio. É um hábito e por acaso tem sido muito recorrente isso. Não sei em que mundo é que vocês vivem. Então há uns que perdem campeonatos há anos, anos e anos e não se vê os presidentes a falar", salientou Fernando Mendes.

Ainda em relação às críticas que vão sendo feitas por sportinguistas relativamente à posição de silêncio que Frederico Varandas assumiu após o desaire na Taça de Portugal frente ao Varzim, em Barcelos, casa emprestada aos poveiros, Fernando Mendes disse que isso é algo que lhe passa ao lado.

"Portanto, isso aí para mim não me aquece nem arrefece", concluiu Fernando Mendes, ele que falava em declarações no canal de televisão CMTV.

O Sporting está a enfrentar uma crise de resultados em várias competições. O clube de Alvalade já viu escapar-lhe um dos grandes objetivos da temporada que passava por conquistar a Taça de Portugal. Ao perderem com o Varzim, os leões disseram adeus logo na primeira eliminatória em que participaram nesta época 2022/23. 

Também na Liga dos Campeões a missão está complicada para os pupilos de Rúben Amorim que têm seis pontos mas perderam os dois últimos jogos contra o Marselha.

Quanto ao campeonato, o Sporting tem vários pontos de atraso em relação aos rivais Benfica e FC Porto, que medem forças na próxima ronda da I Liga.