Portugal
"Tudo que são contratações do Bruno de Carvalho é para ser despachado"
2020-08-25 16:25:00
Antigo treinador do Sporting lamenta forma como ex-jogadores são tratados

Augusto Inácio, que denunciou que "há jogadas e muitas no Sporting", avisa que a direção de Frederico Varandas tem em marcha um plano que visa terminar com o legado de Bruno de Carvalho no clube no que toca a jogadores.

"Tudo que são contratações do Bruno de Carvalho é para ser despachado", adiantou Augusto Inácio, em declarações no programa de Youtube À porta aberta do Zerozero.

O antigo treinador do Sporting, que também desempenhou funções de diretor em Alvalade, comentou depois o caso recente de Adrien Silva que se terá oferecido ao Sporting.

"Gosto muito do Adrien, sou amigo do Adrien mas tenho que ser isento nestas coisas. A grande verdade é que o Adrien fez tudo por tudo para sair do Sporting. Queria experimentar outro campeonato, queria ganhar mais dinheiro, é normal, tinha o sonho de jogar a Premier League".

Adrien Silva, recorde-se, revelou que gostava de regressar ao clube leonino, mas lamentou que o seu nome não entrasse no topo das preferências de Rúben Amorim.

"O jogador português, seja do Benfica, do FC Porto ou do Sporting, faz tudo para ir lá para fora mas depois quer voltar com o dinheiro que ganha lá fora e não pode ser. O dinheiro que se paga lá fora aqui não se pode pagar, salvo raras exceções [risos]. Esse é o grande problema", comentou Augusto Inácio.

O ex-treinador leonino, que foi campeão no Sporting, entende que apesar do contexto atual, Adrien "ainda dava qualquer coisa à equipa do Sporting". Mas percebe que Rúben Amorim não tenha dado indicações para contratar o ex-capitão.

"O que querem para aquela posição não passa por aquele jogador".

Augusto Inácio contou ainda que recentemente conversou com Islam Slimani e o argelino revelou-lhe que onde foi "mais feliz" a jogar "foi no Sporting" mas o ordenado que recebe lá fora tem peso.

"'Eles aqui pagam muito'", disse Inácio, citando Slimani.

Sobre João Mário, Inácio considera que também seria útil mas não acredita que os leões tenham dinheiro para pagar ao internacional português.

O que Inácio entende que deveria ser feito era dado um certo "carinho" aos jogadores formados no clube no sentido de se passar uma imagem válida da formação verde e branca.