Portugal
"Tudo a caminho do teatro do costume". Futuro de Gonçalo Ramos preocupa
2020-09-24 10:20:00
Ex-vice e candidato ao Benfica compara 'vantagem' de Darwin face a Ramos

Gonçalo Ramos é a figura da formação do Benfica nos últimos tempos e os adeptos esperam para ver quando é que Jorge Jesus irá apostar no jogador.

Rui Gomes da Silva, antigo vice-presidente encarnado e candidato à presidência do clube benfiquista, traçou uma comparação entre Gonçalo Ramos e Darwin seja ao nível do que têm feito, seja ao nível dos vencimentos.

Depois de recordar que Gonçalo Ramos bisou quando foi chamado à equipa principal, na época passada em jogo do campeonato frente ao Aves, quando foi lançado aos 85 minutos por Nélson Veríssimo, Gomes da Silva lembra que Darwin está 'em branco' depois de ter sido lançado por Jorge Jesus no campeonato frente ao Famalicão.

Seguidamente, o ex-dirigente encarnado lamenta os valores que o clube da Luz está a pagar a Darwin, sendo que Gonçalo Ramos aufere uma verba muito inferior.

"O uruguaio ganha 100 mil por mês, o português ganha menos de 5 mil", faz notar Gomes da Silva, esperando que, numa altura em que se fala da eventual renovação de contrato de Gonçalo Ramos, possa estar a ser ensaiado "o teatro do costume, com a ladaínha da 'inevitabilidade de vender os melhores'".

Gomes da Silva lembra a importância que Gonçalo Ramos tem tido nos escalões de formação do Benfica e destaca que "não é assim que se faz uma equipa com jogadores da formação."

Num artigo de opinião que assina no Jornal de Notícias, Rui Gomes da Silva aproveita ainda para lamentar que os canais de comunicação do Benfica continuem "impedidos de abordar as candidaturas, limitando-se à propaganda do ainda presidente."