Portugal
"Todos confiantes no Sporting que em maio lá estaremos no Marquês"
2024-02-06 12:50:00
Continuidade de Gyökeres deixa sportinguistas maravilhados e confiantes para festa no Marquês

A permanência de Viktor Gyökeres no Sporting, apesar da cobiça que o internacional sueco tem gerado em alguns emblemas, deixa os sportinguistas satisfeitos. A janela de mercado encerrou e o camisola 9 manteve-se de leão ao peito, gerando tranquilidade na massa associativa verde e branca que, deste modo, confia que a conquista do título fica mais perto com a ajuda de Gyökeres.

“Não saiu o Gyökeres, não saiu ninguém, o Sporting mantém a mesma equipa, com a qualidade que está, estamos todos confiantes que em maio lá estaremos no Marquês [de Pombal]”, admitiu Paulo Andrade, antigo administrador da SAD do Sporting, acreditando que o leão ficará com o título no seu museu no final da temporada.

Sporting em maio no Marquês é desejo de Paulo Andrade

Em relação a Gyökeres, Paulo Andrade diz que nunca duvidou que o sueco quisesse ficar no Sporting e, por isso, viu com naturalidade que o camisola 9 não tenha sido vendido para outras paragens, ficando de leão ao peito.

“Durante os meses em que se falou que ele poderia sair em janeiro, eu nunca acreditei que ele saísse em janeiro”, confessou Paulo Andrade, na CMTV, realçando que só colocou em dúvida essa permanência quando ouviu falar que o Chelsea poderia bater à porta do gabinete de Frederico Varandas com uma proposta para levar Gyökeres.

“Nunca acreditei, exceto quando apareceu a notícia a dizer que o Chelsea dava 80 milhões. Aí, fiquei com alguma dúvida, mas rapidamente o Rúben Amorim desmentiu e disse que não houve oferta nenhuma”, recordou Paulo Andrade.

Na ocasião, recorde-se, alguns comentadores desportivos disseram que não acreditavam que o Chelsea quisesse Gyökeres, mesmo quando comparando um eventual negócio dos londrinos com o Sporting como aquele que fizeram com o Benfica na época passada na transferência de Enzo Fernández para Stamford Bridge.

Um negócio da Gucci à Primark que não se deu

Para alguns comentadores, como Diamantino Miranda, o Chelsea compra "na Gucci e não vai compar à Primark", sendo que o tema deu muito que falar, levando outros comentadores a admitirem que comprariam o sueco pelo valor que foi pago por Enzo.

"Se me perguntares, se eu tivesse 100 milhões de euros para gastar, se comprava o Enzo Fernández ou o Gyökeres, eu comprava o Gyökeres", disse, por exemplo, o ex-futebolista Pedro Henriques, há poucas semanas sobre Gyökeres.

Certo é que o sueco acabou por permanecer em Alvalade e os adeptos sportinguistas contam que este seja uma das peças fundamentais na equipa de Rúben Amorim para atacar o título de campeão nacional.