Portugal
“Terminámos a saber sofrer, mas a saber sofrer juntos”, realça Vasco Seabra
Redação
2021-01-17 19:05:00
Técnico considera que o Moreirense obeteve uma “vitória de inteligência e raça” sobre o Nacional

Vasco Seabra, treinador do Moreirense, apontou “a inteligência, muita raça e muito querer” como razões para o triunfo sobre o Nacional.

“Nos primeiros 30 minutos, penso que demos espetáculo. Conseguimos ter uma entrada fortíssima, com cinco situações claras para conseguirmos fazer golo. A partir daí, tivemos, como esperávamos, uma resposta do Nacional e é por isso que eu falo em espetáculo”, analisou o técnico , após o encontro.

“Defrontámos uma excelente equipa, com um excelente treinador e com excelentes dinâmicas, muito difíceis de contrariar. Sabíamos que não ía chegar só apresentarmos as nossas ideias e a nossa qualidade. Iríamos ter de saber sofrer juntos e penso que soubemos fazê-lo”, acrescentou o treinador dos cónegos.

Sem conseguir “materializar” o ascendente na primeira meia hora da partida, o Moreirense acabaria por marcar “num momento em que o jogo estava dividido”.

“Terminámos a saber sofrer, mas a saber sofrer juntos. São três pontos muito importantes na nossa caminhada, que vai ser longa e difícil. O campeonato está muito equilibrado, muito nivelado, com muita competitividade. Temos crença naquilo que estamos a fazer e temos também uma crença grande no espírito de equipa que os nossos jogadores apresentam”, realçou.

No encontro, o Moreirense mostrou que já consegue “ter uma chegada muito alta no último terço”, criando “muitas oportunidades de finalizar”.

“Estou satisfeito com aquilo que nós produzimos em termos ofensivos. A verdade é que esta vitória também nos traz esse mesmo calor, para que nós acreditemos ainda mais em nós e na possibilidade que temos de disputar cada jogo com muita vontade de o vencer”, finalizou Vasco Seabra.