Portugal
"Temos de ser uns campeões durante o jogo", diz Miguel Cardoso
2021-05-04 18:00:00
Treinador do Rio Ave faz antevisão do jogo com o Sporting

Miguel Cardoso, treinador do Rio Ave, prometeu hoje uma equipa "com responsabilidade e a jogar no limite" na partida desta quarta-feira frente ao líder do campeonato Sporting, da 31.ª jornada da I Liga.

"Encaramos este jogo com grande responsabilidade e tal obriga-nos a estar no limite em todo o processo do desafio. Sabemos quem vamos defrontar, o que temos de fazer, e que só a exigência máxima nos pode dar sucesso", partilhou o técnico do conjunto vilacondense.

Miguel Cardoso reconheceu que a sua equipa, que está envolvida na luta pela manutenção, e não vence há oito jogos consecutivos, "não tem conseguido os resultados que queria, mas tem dado respostas positivas", partilhando a mensagem que passou aos jogadores para este desafio.

"Temos de ser uns campeões durante o jogo. Esse é o nosso foco. Naturalmente que há um plano, com coisas que temos de ter mais cuidado e outras que podemos aproveitar, mas é fundamental que as nossas mais-valias apareçam durante a partida", partilhou.

O técnico do Rio Ave, que elegeu o "equilíbrio" como palavra-chave para este duelo, desvalorizou a ausência do treinador Rúben Amorim no banco do Sporting, devido a castigo, considerando que tal "não altera a postura na preparação para o jogo" das duas equipas.

"Não me parece que seja um facto decisivo e relevante, principalmente nesta fase da época e do campeonato, para a estabilidade e comportamentos das equipas que já estão perfeitamente enraizados", analisou.

Por isso, Miguel Cardoso colocou o foco total no que o seu conjunto tem de fazer, percebendo "as dinâmicas coletivas e individuais do Sporting, mas encontrado soluções para as anular e responder da mesma forma".

"Temos de jogar em todos os momentos do jogo. Vamos à procura do melhor resultado e para isso temos também de ferir o Sporting. Não podemos deixar de ser equilibrados, isso é muito decisivo", vincou.

Além deste duelo com o Sporting, o Rio Ave tem ainda jogos com FC Porto, Santa Clara e Nacional na sua luta pela permanência na I Liga, mas o técnico mostrou-se confiante que o objetivo será atingido.

"Todos os jogos têm de ser disputados com rigor máximo. Nesta equipa há uma ligação clara entre todos e tenho sentido que temos qualidade para superar as dificuldades perante qualquer adversário. Em vários jogos podíamos ter feito mais golos que nos daria uma posição bem mais confortável", analisou o treinador.

Para este desafio com os 'leões', o treinador da formação da foz do Ave já pode contar com o defesa Ivo Pinto, que regressa após castigo, mas, em sentido inverso, não pode chamar Rafael Camacho, que está em Vila do Conde por empréstimo do Sporting, nem os lesionados André Pereira, Jambor e Júnio Rocha.

O Rio Ave, 15.º classificado, com 31 pontos, recebe pelas 21h15 de quarta-feira o líder do campeonato Sporting, que tem 76, numa partida agendada que terá arbitragem de Fábio Veríssimo, da Associação de Futebol de Leiria.