Portugal
"Têm lá o Edwards que cai que é uma facilidade mas isso são outros quinhentos"
2022-10-03 15:35:00
"Cai redondinho", diz antigo futebolista do FC Porto

A troca de argumentos prossegue no futebol português relativamente às situações que são passíveis, ou não, de marcação de grandes penalidades, com as justificações a serem várias. A marca dos 11 metros é uma situação de bola parada com enorme importância no futebol e por isso são muitas as conversas e discussões que lances dentro da grande área sempre geram em todas as temporadas.

Nos anos mais recentes, a discussão foi 'apimentada' com a introdução do sistema de videoárbitro, pelo que agora o dedo é apontado não apenas ao árbitro mas, em algumas situações, também ao juiz que está na Cidade do Futebol no controlo do sistema de videoarbitragem.

Também são cada vez mais os ângulos em que é possível ver as ações dentro e fora das áreas do relvado, sendo que numa e em outra época existem sempre jogadores que geram polémica.

No caso do FC Porto, nos últimos tempos, os azuis e brancos notam que existe uma "campanha" contra Medhi Taremi, como Pinto da Costa deixou indicada em recente artigo no editorial da revista Dragões.

Os portistas defendem a legalidade dos lances em que o avançado camisola 9 é interveniente e apontam para a forma como o seu atacante é tratado na imprensa escrita e falada.

Os rivais não assinam por baixo esta ideia e oferecem outros argumentos para a discussão, pelo que no FC Porto devolvem com resposta alguns argumentos apresentados.

Relativamente às críticas do Sporting ou de comentadores afetos ao clube de Alvalade, o antigo jogador dos dragões Jorge Amaral diz que os leões não devem 'falar muito' e devem olhar para o que têm dentro de casa entre os portões de Alvalade.

"Têm lá o Edwards que cai que é uma facilidade. Cai redondinho", disse o antigo futebolista do FC Porto, que falava em declarações na CMTV, onde prosseguiu com os reparos à postura do britânico do Sporting dentro da grande área dos adversários dos leões.

"Só não joga tanto como o Taremi e não marca tantos golos como o Taremi mas isso são outros quinhentos", completou Jorge Amaral, aproveitando para elogiar o camisola 9 dos azuis e brancos.

Marcus Edwards está no Sporting desde a janela de transferências de janeiro e nesta época tem sido aposta mais frequente de Rúben Amorim entre o trio de atacantes móveis com que o Sporting se tem apresentado neste arranque de temporada. O atleta de 23 anos conta com três golos e duas assistências em oito jogos no campeonato.