Portugal
TAD absolve Sporting de castigo do Conselho de Disciplina
Redação
2021-03-10 22:50:00
Factos em causa remontam a jogo com Portimonense na época 2017/18

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) deu provimento a um recurso apresentado pelo Sporting e anulou o castigo ao clube que tinha sido aplicado pelo plenário do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol, a 4 de setembro de 2018.

Os factos remontam ao encontro com o Portimonense, da época 2017/18. O CD condenou o Sporting a uma multa de 3830 euros por mau comportamento dos adeptos, na sequência do arremesso de moedas contra o árbitro assistente.

Os leões recorreram para o TAD, que deu provimento e anulou a multa, considerando que não ficou provado que os adeptos em causa eram afetos ao clube de Alvalade.

De acordo com o jornal Record, o TAD concluiu “pela ausência de prova de que tenham sido os adeptos do demandante a cometer tais agressões”. Por desconhecer “a identidade do concreto adepto ou dos concretos adeptos”, o CD não pode afirmar “sem qualquer dúvida razoável” que os atos foram causados por adeptos na “bancada afeta” ao Sporting.

O recurso dos leões foi declarado procedente, “assim anulando a decisão disciplinar sancionatória ínsita no acórdão recorrido e, consequentemente, determinando a absolvição da demandante da infração por que foi disciplinarmente sancionada”.

Face a esta decisão, cabe à Federação Portuguesa de Futebol pagar os custos do processo, acima dos 5000 euros.