Portugal
"Sporting permite sonhar. Grande Batucada", ironiza Hélder Amaral
Redação
2021-01-20 11:35:00
Protocolo com Batuque volta a ser falado por causa do bis de Jovane

O Sporting está na final da Taça da Liga graças a dois golos de Jovane Cabral, jovem formado na academia leonina que foi lançado no decorrer do clássico contra o FC Porto e, em poucos minutos, bisou na partida e eliminou os dragões da prova.

Para o antigo deputado Hélder Amaral, conhecido adepto do Sporting, os dois golos de Jovane Cabral serviram de mote para deixar uma 'alfinetada' a respeito do protocolo com o Batuque, de Cabo Verde, assinado no tempo de Bruno de Carvalho, num tema que ainda hoje faz 'correr muita tinta' no universo verde e branco.

"Independentemente do resultado na final, esta equipa do Sporting permite sonhar. Obrigado Jovane grande Batucada", escreveu Hélder Amaral, nas redes sociais, em reação ao triunfo da turma de Rúben Amorim sobre o FC Porto.

Para o ex-deputado tratou-se de um jogo "equilibrado" que foi vencido pela "equipa mais equilibrada e com mais personalidade" no terreno de jogo no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria, onde Jovane brilhou com dois remates certeiros que 'abatarem' o dragão.

Jovane Cabral salta assim, novamente, para o topo da satisfação no ego leonino, ele que na última temporada realizou uma ponta final de campeonato de alto nível, recolhendo os mais variados elogios, entre os quais de Bruno de Carvalho.

Anteriormente, recorde-se, o ex-presidente do Sporting já tinha destacado que os leões têm Jovane Cabral nos seus quadros graças à parceria com o Batuque FC, por ele assinada.

Em 2019, por conta deste assunto, o presidente do Batuque negou que Jovane estivesse envolvido nesse protocolo. "Bruno de Carvalho falou do Jovane Cabral por lapso. Quero acreditar. Ele não faz parte do protocolo", revelou João José Cardoso, na altura, em declarações ao jornal Record.

Mas Bruno de Carvalho nega essa versão. O ex-líder leonino por diversas vezes desmentiu esta ideia e insiste que Jovane Cabral chegou ao Sporting por iniciativa da sua administração.

Jovane está em Alvalade desde 2014, altura em que deixou os escalões de formação do Grémio Nhagar, de Cabo Verde.