Portugal
"Sporting entretido em congressos e teses" e os rivais "a controlar associações"
2020-08-11 14:50:00
Conhecido adepto leonino avisa Sporting que "isto se resume a esta coisa pequenina que é controlar"

Hélder Amaral, antigo deputado do CDS-PP e conhecido adepto do Sporting, insiste na ideia de que o emblema de Alvalade não tem poder nos órgãos de decisão e encontra uma estratégia entre os rivais leoninos para dominarem o futebol português.

Mostrando-se contra o atual elenco federativo liderado por Fernando Gomes, Hélder Amaral sustenta que a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) "eleita é o modelo menos democrático" que Amaral conhece.

"É o jogo mais combinado que há", denuncia Hélder Amaral, em declarações no espaço O Espartano, no Youtube.

"Quando se fala no Estado dentro do Estado, quer o FC Porto antes quer o Benfica agora onde é que começam a controlar? Nas associações de futebol regionais. São eles que elegem o presidente da FPF juntamente com o sindicato dos jogadores e a associação dos árbitros".

Hélder Amaral espera que o Sporting perceba a estratégia seguida pelos rivais. E deixa um lamento.

"Às vezes um clube menos organizado como o nosso Sporting que anda muito entretido a fazer congressos e grandes teses sobre governance esquece-se que isto se resume a esta coisa pequenina que é controlar".

Neste seguimento, Hélder Amaral tece críticas à forma como decorreu a escolha de Cláudia Santos para o cargo de presidente no Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.

"Como foi possível manter uma pessoa com os problemas desta senhora deputada?", questiona.

Hélder Amaral fala ainda de um "mundo à parte de impunidade onde tudo é possível, pois tudo é controlado", onde a coisa "continua como estava antes".