Portugal
"Só porque é o Benfica já se pode dar ‘ais’ no país?", diz dirigente do SC Braga
Redação
2021-01-20 13:00:00
"Que eu me lembre o SC Braga não deu um ‘ai’ porque tinha casos positivos de covid-19 quando foi a Alvalade"

O Benfica está a contas com um surto de covid-19 mas o SC Braga, adversário na 'final-four' da Taça da Liga não percebe a dimensão e eco da situação dos encarnados.

António Marques, presidente da Assembleia Geral da SAD do SC Braga, lembra que há pouco tempo os minhotos tiveram um surto e não sentiram tantos "ais" nos corredores do futebol.

"Que eu me lembre o SC Braga não deu um ‘ai’ porque tinha casos positivos de covid-19 quando foi a Alvalade. Só porque é o Benfica, só porque é um clube dito grande, já se pode dar ‘ais’ no país?", interroga António Marques.

O dirigente da SAD bracarense explicou ainda que a pandemia está na realidade social e entende que o futebol deverá continuar a conviver com esta situação.

"É uma realidade que, infelizmente está no nosso dia a dia, nas nossas famílias, mas é um ‘não assunto’ para o futebol", considera António Marques, em declarações na Renascença, alertando que "quanto mais o futebol falar nesse assunto, mais sua a indústria pode ser potencialmente prejudicada".

António Marques referiu ainda que a temporada dos minhotos tem tido "uns percalços, mas o futebol é mesmo assim". Além disso, o dirigente dos minhotos mostrou-se ainda satisfeito com o discurso de Carlos Carvalhal, até ao momento.

O líder da Assembleia Geral da SAD bracarense diz que a instituição está "muito feliz e muito cómoda, por acompanhar aquilo que o treinador tem dito quanto ao futebol que a equipa está a praticar e quanto à ambição que o SC Braga tem".

Benfica e SC Braga, detentor do troféu, defrontam-se hoje em Leiria na segunda meia-final da Taça da Liga, tentando juntar-se na final ao Sporting, que eliminou o FC Porto.