Portugal
Se o futebol tivesse menos tempo o Sporting B agradecia e tinha mais pontos
2018-04-01 21:35:00
O Sporting B é uma das equipas que mais golos sofre e mais pontos perde nas rectas finais dos encontros.

Depois de ter estado em vantagem no marcador por 2-0 devido a dois golos de Pedro Marques, o Sporting B acabou ontem a 31ª jornada da segunda liga com uma derrota. Em poucos minutos o Nacional virou o resultado e acabou por derrotar o Sporting em Alcochete. Quando Bryan Róchez chegou ao 3-2 final já em período de compensação, o sentimento foi de déjà vu para os adeptos, jogadores e técnicos leoninos. Mais uma vez o Sporting B sofreu e, mais do que isso, perdeu pontos na reta final de um jogo.

Seja por questões físicas, seja por questões relacionadas com a inexperiência da juventude – e o Sporting B é a par do FC Porto B e Benfica B a equipa mais jovem da competição – certo é que o Sporting B é também uma das equipas que mais pontos perde na segunda liga depois de ter estado em posições de vantagem no marcador e apesar de não ser a equipa que mais golos sofre no período regulamentar da segunda parte, o facto de ser a equipa que mais golos sofre em período de compensação na segunda parte tornam o Sporting B na equipa que mais golos sofre durante as segundas partes dos jogos da segunda liga portuguesa. Tudo isto resulta, por isso, numa perigosa 18ª posição na competição ao fim de 31 jornadas. Só SC Braga B e Real SC estão em pior situação, mas todos em posição de descida de divisão tal como o União da Madeira.

Com 31 golos sofridos na segunda parte dos encontros da segunda liga, nenhuma equipa sofre tantos golos na etapa complementária da competição quanto o Sporting B. Desses 31, cinco foram sofridos já para lá do minuto 90, o registo máximo da competição e que supera os três sofridos por Benfica e Vitória SC B no mesmo período de tempo. Todos estes números não seriam particularmente preocupantes para o Sporting B não fosse isso estar diretamente relacionado com perdas de pontos. Tal como no encontro perante o Nacional, em sete outros encontros do Sporting B esta temporada a equipa de Luís Martins terminou o encontro sem o vencer depois de até ter estado em vantagem no mesmo. O Sporting esteve em vantagem em 16 encontros da segunda liga tendo acabando por vencer “apenas” metade deles. Empatou em quatro e perdeu os restantes quatro.

Os oito encontros em que o Sporting B chegou a estar em vantagem e acabou por perder pontos na partida fazem da equipa secundária dos Leões uma das equipas da liga portuguesa que mais pontos perde depois de ter estado em vantagem. Na verdade, só União, SC Braga B, Gil Vicente e Real SC conquistaram menos pontos que o Sporting B depois de terem estado em posições de vantagem. Curiosamente, as cinco equipas que ocupam os cinco últimos lugares da competição. Só SC Braga B, Gil Vicente e Real SC venceram menos jogos que o Sporting B depois de terem estado em posições de vantagem e, destes todos, só o União esteve tantos jogos em vantagem quanto o Sporting.

Se tudo isto até pode ser relativo, um dado é indesmentível: o Sporting é uma das equipas que menos pontos conquista, em média, depois de ter estado em vantagem no marcador. Com 1,87 pontos conquistados, em média, após posições de liderança no marcador, só os registos de Real SC (1,83), União (1,80) e SC Braga B (1,77) são piores que o conseguido pelo emblema de Alvalade. Ou seja, em média, só Real SC, União e SC Braga B conquistam menos pontos que o Sporting quando estão em posições de vantagem.

Nem tudo são más notícias para os jovens leões, porém. O Sporting é também uma das equipas que mais pontos resgata depois de ter estado em desvantagem – 11 pontos. Só seis equipas da segunda liga portuguesa conquistaram mais pontos na competição depois de terem estado em desvantagem no marcador: SC Braga B (12) FC Porto B (13), Benfica B (15), FC Penafiel (16), FC Famalicão (18) e… Nacional. A equipa de Costinha é a rainha da remontada na segunda liga portuguesa tendo já chegado aos 22 pontos depois de ter estado em desvantagem no marcador.