Portugal
SC Covilhã goleia em casa o FC Porto B
2020-10-31 13:30:00
Dragões somam três derrotas consecutivas na II Liga

O SC Covilhã venceu hoje em casa, por 4-0, na oitava jornada, o FC Porto, que soma três derrotas consecutivas na II Liga de futebol.

Pelo terceiro jogo seguido, Gilberto marcou (25), de penálti, Gleison (42) fez o segundo e Gilberto, de grande penalidade, apontou o terceiro. Já nos descontos Joel (90+3) fechou a contagem.

Separados por apenas um ponto na tabela classificativa, com os serranos apenas dois lugares acima, em 11.º lugar, e com a formação de Rui Barros à procura da primeira vitória fora de portas, os ‘portistas’ foram os primeiros a criar perigo, quando Gonçalo Borges atirou às redes laterais.

Depois os ‘leões da serra’, com mais posse de bola, foram a única equipa a criar reais ocasiões de golo e chegaram à vantagem, numa grande penalidade convertida por Gilberto, aos 25 minutos, a castigar falta de Tiago Matos sobre Enoh.

Na jogada seguinte, Gui, numa iniciativa individual, rematou forte, mas o guardião ‘azul e branco’ defendeu para canto. Pouco depois Gleison acertou no poste e, na recarga, Daffé chutou para fora.

Os serranos aumentaram a contagem ao minuto 42. Servido por Gilberto, Gleison recebeu a bola na área, rodopiou, fintou e rematou para o fundo das redes.

No último minuto da primeira parte, o Sporting da Covilhã beneficiou de outro penálti. O árbitro considerou faltoso o empurrão de Rodrigo Pinheiro a Gleison e o capitão Gilberto, na conversão, permitiu a defesa de Ricardo Silva, mas emendou na recarga e marcou o terceiro dos ‘leões da serra’.

No segundo tempo, o FC Porto B subiu as linhas e mostrou-se mais pressionante, mas o Covilhã não se deixou encostar na sua metade do campo, apostou na coesão defensiva e foi conseguindo aproveitar transições para chegar à área adversária.

A missão de Rui Barros complicou-se aos 75 minutos, após a expulsão de Rodrigo Pinheiro.

Aos 89 minutos, a equipa treinada por Capucho podia ter dilatado o marcador, mas Deivison, isolado na área, tentou o chapéu ao guarda-redes ‘portista’ e a bola saiu por cima da barra.

Já nos descontos, Joel Vital, assistido por Jean Felipe, marcou num remate de fora da área e selou o sexto jogo sem perder do Covilhã, desde que Capucho assumiu o comando do emblema serrano.

Jogo no Estádio Santos Pinto, na Covilhã.

Sporting da Covilhã - FC Porto B: 4-0.

Ao intervalo:3-0.

Marcadores:

1-0, Gilberto (25, GP).

2-0, Gleison (42).

3-0, Gilberto (45+1, GP).

4-0, Joel Vital (90+3).

Equipas:

SC Covilhã: Léo Navachio, Jean Felipe, André Almeida, Joel Vital, Tiago Moreira (Edwin Vente, 78), Gilberto, Lamine (ìdris, 65), Gleison (Daivison, 56), Enoh (Jorge Vilela, 78), Gui Inters e Daffé (Leo Cá, 56).

Suplentes: Bruno Bolas, Felipe Macedo, Ídris, Edwin Vente, Jorge Vilela, Leo Cá, Amessan, Daivison Borges, Areias

Treinador: Capucho.

FC Porto B: Ricardo Silva, Rodrigo Pinheiro, Pedro Justiniano, Gonçalo Brandão, Tiago Matos (Carlos Gabriel, 68), Ndiaye, Gómez, Borges (Rafael Pereira, 46), Rodrigo Valente (Mosquera, 79), Francisco Conceição (Boateng, 62) e Igor Cássio.

Suplentes: Ivan Cardoso, Mosqueira, Pereira, Carlos Gabriel, Boateng, Diogo Ressurreição, Meneses.

Treinador: Rui Barros.

Árbitro: Miguel Nogueira (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo a Gleison (37), Rodrigo Pinheiro (45 e 76), Lamine (58), Tiago Moreira (59), Gonçalo Brandão (68), Ídris (77).

Cartão vermelho, por acumulação de amarelos, Rodrigo Pinheiro (76).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.