Portugal
SC Braga ataca Benfica. “Tudo bem na Terra do Faz de Conta...”
Redação
2021-04-06 08:55:00
Benfica derrota Marítimo com o primeiro penálti da época, SC Braga fala em "disco pedido que acabou por ser tocado"

O diretor de Comunicação do SC Braga reagiu à grande penalidade que acabou por ser decisiva, na vitória do Benfica diante do Marítimo, no Estádio da Luz, naquela que foi a primeira vez que os encarnados conseguiram um castigo máximo.  

A falta sobre Rafa, porém, não convence os arsenalistas, que lutam pelo terceiro lugar de acesso à pré-eliminatória da Liga dos Campeões da próxima época. Alexandre Carvalho, Diretor de Comunicação e Imagem do SC Braga, fala em “disco pedido” e cedência perante a pressão, ao mesmo tempo que partilha uma notícia onde se conclui, de acordo com especialistas de arbitragem, que a falta na área não existe.  

Qual rádio regional, o disco foi pedido tantas vezes, que acabou por ser tocado. Terrivelmente desafinado, mas tocado. E isso é o que interessa para manter, por agora, o alinhamento do pódio. Para memória futura, a ‘isto’ chama-se penálti Portugal”, escreve aquele responsável. 

Mas as críticas do SC Braga à arbitragem de Luís Godinho, no Benfica-Marítimo, não se ficam por aqui. Alexandre Carvalho vislumbra uma falta que, segundo defende, seria assinalada se não fosse cometida por um jogador do Benfica. 

Na área contrária, Lucas Veríssimo, aos 88 minutos, tem um lance que, com outra camisola vestida, era assinalado na hora”, escreve, considerando que o erro do árbitro se insere num favorecimento permanente aos grandes. 

“Continuamos a assistir a dois pesos e duas medidas em Portugal. Mas continua tudo bem na Terra do Faz de Conta...”, conclui Alexandre Carvalho. 

O Benfica derrotou ontem o Marítimo, por 1-0, naquela que foi a quinta vitória consecutiva dos encarnados. A equipa de Jorge Jesus igualou a melhor série de bons resultados da época, sendo que não sofreu golos nos últimos cinco jogos na I Liga.  

Um desses triunfos foi conseguido precisamente diante do SC Braga, o que colocou os encarnados no terceiro lugar, com mais um ponto do que os minhotos, que se queixaram também da arbitragem, em particular pela expulsão de Fransérgio.

O SC Braga diz-se vítima de uma estratégia que visa o favorecimento dos grandes. O presidente António Salvador emitiu uma curta declaração aos jornalistas, após o jogo diante do Benfica, onde expressou esse sentimento.

A equipa treinada por Carlos Carvalhal já ocupou o segundo lugar, mas caiu para quarto, em poucas jornadas. Ontem, enfrentou grandes dificuldades para bater o Farense e só nos minutos finais conseguiu o golo da vitória, por intermédio de Sporar.