Portugal
"São 11 contra 11 e tudo pode acontecer. Esperamos conquistar os três pontos"
2020-10-25 17:45:00
Petit elogia o Benfica mas assume que o objetivo é a vitória

O treinador do Belenenses SAD, Petit, sublinhou hoje a necessidade de manter a consistência defensiva diante do líder Benfica, sabendo que, “ao mínimo erro, pode ser fatal”, na quinta jornada da I Liga portuguesa de futebol.

“[O Benfica] É uma equipa que vem fazendo muitos golos, a nível interno e europeu. Também temos estado com muito boa consistência em termos defensivos. Sabemos que, ao mínimo erro, pode ser fatal. Têm criado muitas oportunidades, mas esperamos anular os pontos fortes e fazer o nosso jogo com uma ideia e identidade própria”, expressou.

Em conferência de imprensa de antevisão à partida, Petit lamentou as lacunas recentes da sua equipa na finalização, considerando este “um jogo completamente diferente, contra uma equipa forte em termos ofensivos, com processos bem definidos, dinâmicas boas e jogadores individuais que podem resolver uma partida”.

“São 11 contra 11 e tudo pode acontecer. Esperamos conseguir o objetivo, que é conquistar os três pontos”, afirmou, tendo desejado que as duas equipas se apresentem na máxima força, pois “o futebol é espetáculo”, faltando apenas o público nas bancadas.

Apesar de ver “um Benfica diferente de épocas anteriores”, o técnico do Belenenses SAD estudou a formação ‘encarnada’ e apontou as principais mudanças no jogo da equipa orientada por Jorge Jesus.

“É uma equipa mais pressionante, que mete muitos jogadores no meio-campo das equipas adversárias, que trabalha com seis ou sete jogadores na fase de pressão. É uma equipa perigosa quando ganha as segundas bolas e, quando a perde, tem uma pressão muito grande, muito rápida a sair para o ataque. Faz muitos golos em transição, em cinco ou seis segundos conseguem estar em zonas de finalização”, explicou.

Contudo, o treinador, que representou o Benfica como jogador, entre 2002/03 e 2007/08, ressalvou que o Belenenses SAD vai procurar “criar algumas situações”, não fugindo das próprias ideias.

“É normal que, quando têm um processo ofensivo muito grande, haja mais transição das equipas adversárias. Têm de arriscar mais, chegam com mais gente à área, é uma equipa intensa. Estamos preparados para o Benfica em termos ofensivos, mas também temos a nossa identidade. Esperamos um grande jogo de futebol”, frisou.

O defesa central Pedro Álvaro, emprestado pelas ‘águias’, não pode ser opção para a partida, vendo assim adiada a estreia na I Liga, com Petit a continuar a não poder contar com os lesionados Gonçalo Silva, Eduardo Kau, Chima Akas e Nilton Varela.

O líder Benfica, com 12 pontos, recebe na segunda-feira o Belenenses SAD, 11.º classificado, com cinco pontos, no Estádio da Luz, em Lisboa, às 20:15, em jogo da quinta jornada da I Liga de futebol, que terá arbitragem de Rui Costa, da associação do Porto.