Portugal
"Rui Costa sai se o Benfica não for à Liga dos Campeões? Demite o treinador?"
2021-07-31 17:30:00
Pedro Henriques afirma que os responsáveis do Benfica continuam sem assumir responsabilidades

Rui Costa assumiu que o Benfica não pode falhar a fase de grupos da Liga dos Campeões, em especial por causa do “prestígio”. “Falhámos na temporada passada, não podemos falhar nesta. Um clube desta dimensão tem de estar na Liga dos Campeões”, afirmou o presidente das águias... sem adiantar o que acontecerá caso a equipa seja eliminada pelo Spartak ou depois no ‘play-off’.

“E se não acontecer, demite-se? Demite o treinador? Isso é que deviam ter perguntado a Rui Costa”, realçou Pedro Henriques, antigo jogador do Benfica, para sustentar que ainda continuam por apurar as responsabilidades pela má temporada de 2020/21.

No comentário para a Sport TV, Pedro Henriques recordou que Jorge Jesus apontou a covid-19 como a ‘culpada’, mas depois viria Domingos Soares de Oliveira afirmar que a equipa técnica e o plantel não se conheciam devidamente, para além das várias referências que o clube foi fazendo à arbitragem ao longo da temporada.

“Ainda se anda à procura de justificações e não se assume a responsabilidade. É incompetência, é incapacidade. No futebol, se falhas dez golos não é azar, é falta de eficácia. Podes ser prejudicado num jogo por um árbitro, no outro és beneficiado. Podes ter covid, os outros também tiveram. Foi tudo causas externas...”, sustentou.

O antigo lateral, que também representou o FC Porto, apresentou o caso dos dragões como contraponto à ‘falta de tempo para treinar’ que Jesus alegou em diversas ocasiões: “O FC Porto também não tinha tempo para treinar e foi super competente na Liga dos Campeões. Essa questão do tempo pode ter alguma influência, mas não pode ser decisiva”.

Rui Costa também disse que o Benfica precisa de estar na Liga dos Campeões por causa do “prestígio”, o que também incomodou Pedro Henriques. “O Benfica pode ter ganho campeonatos em Portugal, mas há largos anos que não tem uma equipa competitiva nas provas europeias”, explicou: “Foi com Jorge Jesus na Liga Europa, mas olhando para a Liga dos Campeões quem é competitivo é o FC Porto. Pode falhar uma vez, não é acertar uma vez como o Benfica quando chegou aos quartos de final”.

As explicações do presidente do Benfica não convenceram o ex-jogador das águias. “A época já arrancou e parece ter sido preparada como as épocas anteriores, aos solavancos e com rumores de jogadores. E isto não teve nada que ver com a detenção de Luís Filipe Vieira. A época vai começar e fala-se de muitos jogadores a sair e a entrar? Nesta altura? Isto num clube que precisa de estabilidade causa-me confusão”, argumentou.

Como exemplo, Pedro Henriques realçou que “o Benfica continua a não acertar nos laterais” e destacou “a indefinição nos pontas de lança”, em particular no caso de Vinícius, que “não conta” para esta época 2021/22.

“Foi sempre o melhor nos clubes por onde passou (Benfica, Rio Ave, Real Massamá) e no Tottenham quando jogava fazia golos. É tão óbvio que é o melhor ponta de lança do Benfica que tem que haver aqui outra coisa. Se é para vender, fazia uma época de grande qualidade no Benfica e valorizava, agora com estes empréstimozinhos interessa a quem? Há aí qualquer coisa por explicar”, concluiu.