Portugal
"Recebi uma proposta interessante, um desafio muito grande", revela José Gomes
2020-07-29 08:30:00
Técnico deixa Marítimo, mas guarda “sentimento maritimista"

O treinador de futebol José Gomes deixou hoje uma mensagem de despedida ao Marítimo, em que disse guardar o “sentimento maritimista”, agradeceu ao presidente Carlos Pereira, e falou da proposta do Almería, o seu novo clube.

“O sentimento maritimista e da ilha da Madeira vai continuar comigo. Adorei viver na Madeira, é uma ilha fantástica. A pureza das pessoas, a qualidade de vida e a forma como fomos recebidos e tratados vai ficar para todo o sempre”, destacou, em declarações à MarítimoTV.

José Gomes garantiu que teve sempre uma relação “do melhor que pode existir” com o presidente do clube madeirense, Carlos Pereira, a quem agradeceu pela oportunidade dada em novembro de 2019 para assumir a equipa, substituindo Nuno Manta Santos.

“Tenho de agradecer ao presidente porque foi a pessoa que, em primeiro lugar, acreditou em mim, demonstrou vontade em me contratar e que me apoiou desde o dia que eu cá cheguei”, apontou o técnico, natural de Matosinhos.

O convite dos espanhóis do Almería, que disputam o ‘play-off’ de acesso à I Liga espanhola, foi recebido logo após a partida de sábado, da 34.ª e última jornada do campeonato português, no qual o Marítimo ficou em 11.º, com 39 pontos.

“Após o final do jogo com o Famalicão [empate 3-3], recebi uma proposta interessante, um desafio muito grande que pode projetar a minha carreira profissional. No domingo, de manhã, partilhei com o presidente o que estava a acontecer e, até de alguma forma, aconselhei-me com ele pela excelente relação que sempre tivemos e continuamos a ter”, revelou.

José Gomes endereçou ainda os adeptos ‘verde rubros’, aos quais elogiou e referiu a sua importância no clube madeirense.

“Mesmo com os jogos à porta fechada, falei sempre dos adeptos. Tivemos jogos muito bons e eu referi que os adeptos mereciam ter visto o jogo no estádio, que já é lindíssimo, fica ainda mais bonito quando eles lá estão. A base do Marítimo são os adeptos, por isso, este é o maior das ilhas. Sem eles, o Marítimo não teria a dimensão que tem hoje, e será com eles que o Marítimo será maior no futuro”, salientou.

A mudança de José Gomes do Marítimo para o Almería foi oficializada na segunda-feira, com um contrato vinculado até 2021, sendo o terceiro treinador português no clube andaluz esta época, após Mário Silva e Pedro Emanuel.

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, já referiu que o sucessor será fechado hoje ou quarta-feira e terá “perfil ganhador”.