Portugal
“Que Jesus continue a acrescentar títulos pelo Benfica ao seu currículo”
Redação
2021-04-07 14:30:00
Benfica dedica newsletter ao “treinador mais experiente entre os líderes de equipas” da I Liga

O Benfica dedica a newsletter desta quarta-feira a Jorge Jesus, depois do treinador ter conquistado, frente ao Marítimo, na passada segunda-feira, a 250.ª vitória desde que assumiu o comando técnico dos encarnados.  

Jorge Jesus atingiu esta semana, com o triunfo benfiquista sobre o Marítimo, um marco importante no seu assinalável percurso à frente da equipa de honra de futebol do Sport Lisboa e Benfica”, enquadra o clube da Luz, na sua newsletter diária. 

 A 250.ª vitória do nosso treinador ao serviço do Benfica em competições oficiais nacionais e internacionais (…) foi obtida na sequência de outras cinco, sem quaisquer golos sofridos, naquele que está a ser um dos melhores períodos da equipa na presente temporada”, acrescenta a comunicação, que exclui, nesta contagem, três triunfos alcançados após o desempate na marcação de grandes penalidades e outros dois na Taça de Honra da AF Lisboa. 

“Que Jorge Jesus continue a acrescentar muitas vitórias, títulos e troféus pelo Benfica ao seu currículo pessoal, é o que todos desejamos”, realçam os encarnados. 

Jorge Jesus cumpre, em 2021, a sétima temporada no Benfica, sendo que conquistou, ao serviço do emblema lisboeta, 10 troféus: três títulos de campeão nacional, uma Taça de Portugal e cinco Taças da Liga. Está assim a uma conquista de igualar Cosme Damião. 

O Benfica assinala ainda que, além dos troféus que ergueu, Jorge Jesus conduziu o clube a duas finais europeias, em 2013 e 2014, quebrando um jejum de 23 anos sem que o Benfica disputasse o jogo de atribuição de um título europeu. 

O nosso treinador é o mais experiente entre os líderes de equipas na Liga NOS, ocupando a terceira posição no ranking dos treinadores com mais jogos no Campeonato Nacional. Faltam-lhe 21 para igualar Manuel Oliveira e 47 para superar Fernando Vaz”, destaca o Benfica, que recorda ainda que os três títulos nacionais conquistados por Jorge Jesus colocam o técnico “a par, no Benfica, de Janos Biri, Jimmy Hagan e Sven-Göran Eriksson, faltando-lhe um para se juntar a Otto Glória na liderança do ranking dos treinadores mais vezes campeões de águia ao peito.