Portugal
Quadro de árbitros com novidades e já sem Xistra e Jorge Sousa
2020-09-16 09:30:00
Dois históricos da arbitragem nacional 'penduraram o apito'

A despedida no final da última temporada dos árbitros Jorge Sousa e Carlos Xistra, por limite de idade, anuncia para 2020/21 um novo ciclo na arbitragem, expresso nas quatro novidades na categoria principal do futebol português.

Os dois juízes internacionais marcaram, inequivocamente, a última década na arbitragem. Jorge Sousa, que pertencia à associação do Porto, e Carlos Xistra, da associação de Castelo Branco, deixaram de figurar na lista de 21 árbitros definida pelo Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para a nova época, da qual saíram também Rui Oliveira (AF Porto) e Cláudio Pereira (AF Aveiro), que desceram de categoria.

Com a saída de cena de dois ‘históricos’ da arbitragem nacional nos últimos anos, Artur Soares Dias permanece como a principal referência para uma ‘nova vaga’. O juiz da AF Porto, de 41 anos, foi o primeiro classificado do ‘ranking’ de árbitros em 2019/20, com 9.310 pontos, à frente de João Pinheiro (9.307) e Luís Godinho (9.266).

Entre os ‘reforços’ do setor para 2020/21 destacam-se os nomes de Fábio Melo (AF Porto), Hugo Silva (AF Santarém) e Miguel Nogueira (AF Lisboa), além do regresso de Gonçalo Martins. O juiz da associação de Vila Real foi reintegrado na primeira categoria por decisão judicial do Tribunal Central Administrativo do Sul, em junho, após contestar a descida de escalão decretada pelo CA da FPF em 2018.

A nível regional, a associação do Porto é a mais representada na primeira categoria, com cinco elementos, mais um do que a congénere de Lisboa. O quadro principal fica completo com árbitros das associações de Braga (3), Leiria (2), Vila Real (2), Santarém (2), Setúbal (1), Évora (1) e Algarve (1).

Destaque ainda para a inédita presença de quatro árbitras auxiliares no segundo escalão da arbitragem, casos de Andreia Sousa (AF Braga), Cátia Tavares (AF Coimbra), Olga Almeida (AF Viseu) e Vanessa Gomes (AF Lisboa), esta última que já se estreou nas competições profissionais, num jogo da primeira jornada da II Liga.

A nova temporada assinala ainda importantes alterações do International Board (IFAB) às leis do jogo, com ênfase nas questões de infração de mão na bola, marcação de penáltis e protocolo do videoárbitro.

Ao nível da mão na bola, a infração passa a ter como limite do braço o ponto inferior da axila; já no caso de o atacante tocar a bola com a mão de forma acidental, só é “considerada infração se a jogada terminar ‘imediatamente’ em golo ou numa clara ocasião de golo a favor do atacante ou da sua equipa”, segundo o IFAB.

Quanto à marcação de penáltis, só há repetição em caso de infração do guarda-redes às leis do jogo se esta tiver “influência clara na ação do executante”, sendo que a primeira infração é alvo de um aviso e posteriores infrações são sancionadas com cartão amarelo. Na eventualidade de uma infração simultânea do guarda-redes e do marcador da grande penalidade, só o executante é punido pelo árbitro.

Por fim, naquela que será a terceira época de videoárbitro na I Liga, passa a ser necessário “apenas um sinal de televisão” para proceder a uma revisão baseada somente no VAR e o árbitro deve rever as imagens no monitor sempre que o lance em análise “seja suscetível de considerações subjetivas”.

 

- Lista de árbitros da primeira categoria para a época 2020/21:

André Narciso (AF Setúbal)

António Nobre (AF Leiria)

Artur Soares Dias (AF Porto)

Fábio Veríssimo (AF Leiria)

Fábio Melo (AF Porto)

Gonçalo Martins (AF Vila Real)

Gustavo Correia (AF Porto)

Hélder Malheiro (AF Lisboa)

Hugo Miguel (AF Lisboa)

Hugo Silva (AF Santarém)

Iancu Vasilica (AF Vila Real)

João Bento (AF Santarém)

João Pinheiro (AF Braga)

Luís Godinho (AF Évora)

Manuel Mota (AF Braga)

Manuel Oliveira (AF Porto)

Miguel Nogueira (AF Lisboa)

Nuno Almeida (AF Algarve)

Rui Costa (AF Porto)

Tiago Martins (AF Lisboa)

Vítor Ferreira (AF Braga)

 

Lista de videoárbitros:

Bruno Esteves (AF Setúbal)

Luís Ferreira (AF Braga)

Rui Oliveira (AF Porto)

Vasco Santos (AF Porto)