Portugal
Portimonense vence em Guimarães com golo de Beto
2021-08-08 17:40:00
Vitória dominou o jogo, mas equipa de Portimão foi mais eficaz

Um desvio subtil de Beto na pequena área permitiu hoje ao Portimonense iniciar a edição 2021/22 da I Liga com um triunfo no reduto do Vitória de Guimarães, por 1-0.

Na sequência de um lance de Aylton Boa Morte na ala direita, o melhor marcador dos algarvios na época passada, com 11 golos, ganhou posição a Borevkovic e emendou para o fundo das redes, decidindo um jogo com uma primeira parte dominada pelos vimaranenses e uma segunda mais equilibrada.

Os 8.824 adeptos presentes ns bancadas marcaram o regresso do público ao Estádio D. Afonso Henriques, após ano e meio de ausência devido à covid-19, mas foi amargo para o clube de Guimarães, que até entrou bem, impondo um ritmo elevado na primeira parte, que se traduziu numa mão cheia de ocasiões de golo até ao intervalo.

Ausente nos dois embates realizados para a Taça da Liga – triunfos sobre o Leixões (4-1) e sobre o Casa Pia (1-0) -, Quaresma foi hoje titular no lugar do castigado Rochinha e protagonizou as duas primeiras ocasiões de golo: um remate à malha lateral exterior, ao minuto oito, e um outro travado por Samuel Portugal, aos 10.

Aparte os esporádicos lançamentos em profundidade para Beto, quase sempre ‘apanhado’ em fora de jogo, o Portimonense limitou-se a conter a manobra ofensiva vimaranense e fê-lo com dificuldade, apesar de os anfitriões terem errado com frequência no último passe ou hesitado no momento de atirar à baliza.

Depois de falhar a oportunidade mais clamorosa à passagem da meia hora, quando Borevkovic, na pequena área, acertou na trave, a formação treinada por Pepa voltou a ameaçar as redes algarvias, num remate de ângulo apertado à barra de Quaresma, bem como em outro remate de Marcus Edwards à malha lateral, ambos ao minuto 44.

O conjunto de Paulo Sérgio regressou do balneário apostado em mudar a ‘corrente’ do jogo e fê-lo em parte, alternando o domínio da segunda metade com os vimaranenses, depois de ter protagonizado o primeiro lance perigoso da segunda parte, por Lucas Fernandes, ao minuto 50.

Os vitorianos marcaram posição com 'disparo' de longe de Alfa Semedo, travado, aos 53 minutos, por Samuel Portugal, mas perderam discernimento atacante com o avanço do cronómetro, sentindo cada vez mais problemas para desequilibrar a retaguarda algarvia.

O Portimonense sentiu-se mais confortável num jogo com cada vez mais interrupções, ameaçou o golo num cabeceamento de Filipe Relvas ao lado, aos 73 minutos, e selou mesmo o triunfo a quatro dos 90, num desvio de Beto.

Após Marcus Edwards ter falhado o empate de forma clamorosa no período de compensação, Fábio Melo apitou para o final do desafio, seguindo-se alguns desacatos entre elementos do Vitória e do Portimonense, que se estenderam às bancadas, com insultos e lançamentos de garrafas de plástico para o relvado.

Com esta vitória, o Portimonense alcança o grupo de cinco equipas que arrancaram o campeonato com triunfos - Sporting, Estoril Praia, Benfica, SC Braga e Tondela -, enquanto o Vitória junta-se a Vizela, Arouca, Moreirense, Marítimo e Santa Clara no lote de derrotados da ronda inaugural.

Ficha de jogo

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães

Vitória de Guimarães-Portimonense, 0-1
Ao intervalo: 0-0
Marcador: 0-1, Beto, 86 minutos

Equipas:

- Vitória de Guimarães: Matous Trmal, Sacko, Jorge Fernandes, Borevkovic, Rafa Soares, Alfa Semedo, André André (Janvier, 66), André Almeida (Gui, 73), Quaresma (Rúben Lameiras, 81), Marcus Edwards e Bruno Duarte (Herculano, 82)
(Suplentes: Celton Biai, Maga, André Amaro, Hélder Sá, Tomás Händel, Gui, Janvier, Rúben Lameiras e Herculano)
Treinador: Pepa

- Portimonense: Samuel Portugal, Moufi, Lucas Possignolo, Willyan, Filipe Relvas (Carlinhos, 77), Pedro Sá, Lucas Fernandes, Luquinha (Jeferson, 77), Aylton Boa Morte (Renato Júnior, 90+7), Fabrício (Anderson, 39) e Beto (Henrique Jocú, 90+7)
(Suplentes: Ricardo Ferreira, Jeferson, Sana, Henrique Jocú, Imbula, Carlinhos, Anderson, Renato Júnior e Salmani)
Treinador: Paulo Sérgio

Árbitro: Fábio Melo (Associação de Futebol do Porto)
Ação disciplinar: cartão amarelo para Jorge Fernandes (31), Beto (49), Moufi (80), Herculano (86) e Jeferson (90+10)
Assistência: 8.824 espetadores.