Portugal
Portimonense bate Vitória na abertura da 26.ª jornada
Redação
2021-04-09 22:30:00
Bino com estreia negativa como treinador dos conquistadores

O Portimonense alcançou hoje, pela primeira vez, duas vitórias consecutivas na presente temporada da I Liga, ao vencer na receção ao Vitória, por 3-0, no jogo de estreia de Bino como técnico dos vimaranenses.

Lucas Possignolo abriu o marcador, aos cinco minutos, tendo Dener (64) de grande penalidade e Beto (67) assinado os outros tentos dos algarvios no jogo da 26.ª jornada da I Liga.

Na estreia de Bino no comando técnico, os vimaranenses até entraram melhor na partida, mais pressionantes a meio-campo, explorando a velocidade dos laterais, o que obrigou os algarvios a recuarem e a defenderem perto da área.

Embora com maior tempo de posse de bola e mais pressionantes, os minhotos acabaram por ser surpreendidos pelo golo madrugador do Portimonense, logo aos cinco minutos, quando na sequência de um pontapé de canto, Lucas Possignolo surgiu na área solto de marcação para de cabeça dar a vantagem à turma de Paulo Sérgio.

O Vitória reagiu ao golo e imprimiu ainda maior velocidade ao seu jogo, com passes rápidos a meio-campo, tendo no lateral Mensah a sua ‘pedra’ mais influente no ataque à baliza algarvia.

Ao minuto 15, a turma minhota conseguiu, pela primeira vez, criar a sua primeira oportunidade de perigo, mas ninguém aproveitou o cruzamento de Edwards, com a bola a passar à frente da baliza de Samuel.

Até ao intervalo, o Vitória foi quem mais procurou o golo, tendo aos 24 minutos a sua melhor oportunidade, com Mensah, em boa posição, a rematar ao lado da baliza de Samuel, com o guarda-redes algarvio já fora do lance.

No segundo tempo, os algarvios corrigiram algumas das posições e passaram a equilibrar o jogo a meio-campo, dividindo a posse de posse com os vimaranenses, tendo Beto (47) a oportunidade para dilatar o marcador, com o avançado a rematar por cima da baliza deserta, depois de uma saída em falso do guarda-redes Varela.

No seu melhor período de toda a partida, a formação de Paulo Sérgio dilatou o marcador através de uma grande penalidade concretizada por Dener (64), lance assinalado após falta de Óscar sobre Beto.

A desvantagem de dois golos obrigou a que o Vitória de Guimarães se adiantasse mais no terreno, o que foi aproveitado pelos algarvios para, em contra-ataque chegaram ao 3-0, com um remate colocado de Beto fora do alcance de Varela.

Com este triunfo, o Portimonense subiu ao nono lugar, com 29 pontos, enquanto o Vitória de Guimarães mantém o sexto posto, com 35.