Portugal
“Poderíamos alterar a estrutura, mas não temos de nos encaixar em ninguém"
Redação
2021-02-15 22:50:00
Pepa “orgulhoso” dos seus jogadores destaca postura de um Paços “fiel à sua identidade”

O treinador do Paços de Ferreira distribuiu elogios aos seus jogadores, apesar da derrota diante do Sporting, nesta segunda-feira, em jogo da 19.ª jornada da I Liga.  

“Estou muito orgulho pelo que os jogadores fizeram. Alegres dentro do campo, fiéis aos nossos princípios. Procurámos a felicidade, desde o primeiro ao último minuto, mas fomos infelizes na forma como sofremos os golos. Controlamos a largura e profundidade do Sporting, os jogadores interpretaram de forma quase perfeita a nossa estratégia. E faltou-nos eficácia no último terço. Foi um bom jogo de futebol. Parece ridículo falarmos assim quando se perde, e não há vitórias morais, mas estou muito orgulhoso”, resumiu o técnico. 

“Poderíamos alterar a estrutura, mas não temos de nos encaixar em ninguém. Dedicamos muitas horas, muito treino, para criar um modelo de jogo e uma identidade. Não conseguimos vencer, mas estou muito orgulhoso dos meus jogadores”, referiu o técnico, em declarações à SportTV, na flash-interview. 

Durante o jogo Pepa discordou de algumas decisões de arbitragem, mas salienta que “é no calor do jogo” que surgem esses momentos. Numa análise ao lance de grande penalidade, lance que o técnico pôde rever em vídeo ainda durante o jogo, uma lição de Pepa: 

Não me vou agarrar a isso. O penálti foi aos 15 minutos. Tivemos quase 80 minutos para dar a volta. E isso é o que nós controlamos: o jogo. Não controlamos as decisões dos árbitros. Os árbitros estão lá para decidir. Mal ou bem, não é fácil. Nós é que temos de ir atrás do jogo, tentar marcar. E quando assim é ganhamos mais vezes”, afirmou. 

O treinador pacense elogia ainda o Sporting: “Do outro lado estava uma equipa muito forte, bem orientada, com grandes jogadores. Vou repetir o chavão: não podemos fugir da nossa identidade.